Corpo é encontrado com marcas de pauladas no igarapé do Educandos

Foto: Yago Frota

Sílvio José Gonçalves da Silva, de 38 anos, foi encontrado morto em um igarapé nesta terça-feira (14) no bairro Educandos, na zona Sul da Capital. Segundo informações dos policiais da 2ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), o corpo foi encontrado por ribeirinhos da área, que acionaram a polícia. O cadáver possui marcas de três pauladas na região da cabeça e já estava em estado de decomposição.

De acordo com o delegado plantonista Denis Pinho, da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Sílvio era suspeito de ter furtado o celular de um adolescente no último domingo (12), e estava desaparecido desde então.

“Nós temos essa informação de que ele teria se envolvido neste delito, onde teria roubado um celular de um adolescente, o que teria ocasionado uma desavença. Um grupo supostamente formado por parentes do adolescente foi atrás da vítima em um bar”, disse o delegado.

Ainda segundo o delegado, o grupo teria perseguido a vítima e atingindo a cabeça de Sílvio com pedaços de madeira por cerca de três vezes. A vítima teria tentado fugir pulando no igarapé, mas a Polícia Civil ainda está investigando se realmente essa foi a causa do homicídio.

“O trabalho pericial foi feito, foi verificado que, visualmente, há três lesões na região atrás e na frente da cabeça, oriundo de objeto contundente, que pode vir a ser pedra ou madeira. Nós vamos averiguar se esta informação tem a ver com o crime de homicídio. Infelizmente a área é de difícil acesso e não possui câmeras de vigilância que possam nos ajudar a elucidar este caso”, completou o delegado.

A ação contou com o auxílio do Corpo de Bombeiros que disponibilizou uma lancha para que o corpo pudesse ser removido pelo Instituto Médico Legal (IML). A DEHS segue investigando o caso.

Com informações da assessoria da PC-AM