Corpo na mala: acusados de matar e esquartejar homem estão presos, anuncia delegado (ouvir áudio)

O delegado titular da Especializada em Homicídios e Sequestro, Ivo Martins, em áudio enviado ao Radar na manhã desta terça-feira (13), diz que através de imagens das câmeras de segurança e informações obtidas durante investigações, a polícia já conseguiu identificar o indivíduo que deixou uma mala atrás do cemitério com partes de um corpo. Segundo o delegado, ele já está preso, assim como mais três pessoas que teriam envolvimento no assassinato e esquartejamento de um homem.

“Nos foi revelado toda a trama criminosa, a motivação, assim como o lugar onde essa pessoa foi morta e esquartejada”, conta o delegado. Ivo Martins disse ainda que já está definida a data do crime, como sendo dia 07, quarta-feira da semana passada, por voltas das 20hs, e que o corpo foi desmembrado e desovado, nos dias 08 e 09, dentro de malas nas imediações do cemitério São João Batista.

Numa mala estavam o tronco e a coxa e, em outra, estavam a cabeça, dois braços, duas pernas e os pés. O corpo é de um homem jovem, de cor parda, cabelo preto, liso e curto. Mais informações, segundo o delegado, serão dadas em coletiva de imprensa. (Any Margareth)