CPI: Aziz suspende sessão após Flavio Bolsonaro chamar Renan Calheiros de ‘vagabundo’

PRONTO PARA A GUERRA - Calheiros: “Intimidações sob qualquer modalidade e arreganhos não nos deterão” - Pedro Ladeira/Folhapress/.

PRONTO PARA A GUERRA - Calheiros: “Intimidações sob qualquer modalidade e arreganhos não nos deterão” – Pedro Ladeira/Folhapress/.

O senador Omar Aziz (PSD-AM), presidente da CPI da Covid, suspendeu a sessão da comissão por volta das 17h10 desta quarta-feira (12) após o senador Flavio Bolsonaro (Republicanos-RJ) chamar o relator, Renan Calheiros (MDB-AL), de “vagabundo”, gerando um bate-boca na comissão.

Flavio Bolsonaro não é integrante da CPI, mas pediu a palavra e, ao mencionar o fato de Renan ter defendido a prisão de Fabio Wajngarten – ex-secretário de Comunicação da Presidência que prestou depoimento nesta quarta -, declarou: “Imagina um cidadão honesto ser preso por um vagabundo como Renan Calheiros.”

Renan, então, respondeu a Flavio: “Você que é”.