CPI da Asfixia: Péricles inclui contratos feitos na Pandemia pelo Governo e consegue assinaturas de Wilker e Dermilson

Foto: Aleam

Os deputados da bancada do partido ‘Podemos’ na Assembleia Legislativa do Amazonas, Dermilson Chagas e Wilker Barreto, assinaram na manhã desta quarta-feira (07) o pedido de criação da CPI da Asfixia, de autoria do deputado Delegado Péricles (PSL) após o deputado bolsonarista aceitar uma emenda aditiva ao seu requerimento de instauração da comissão de inquérito para ampliar as investigações.

Os parlamentares justificaram a assinatura, alegando que só concordaram em apoiar a CPI, porque Péricles se comprometeu em incluir no objeto de investigação da Comissão, os contratos feitos pelo Governo do Estado durante o período da Pandemia. “Nós não temos vaidade de querer a CPI só se for um requerimento nosso. Nós queremos apenas dar uma resposta para o povo do Amazonas sobre como foi usado o dinheiro público que era pra salvar vidas”, explicou Dermilson Chagas

Nessa terça-feira (6), quando o pedido de criação da CPI da Asfixia foi apresentado pelo deputado delegado Péricles (PSL) o requerimento apresentava apenas como “fato determinado” para a criação da comissão de inquérito a crise do oxigênio, que aconteceu no início deste ano e que elevou o número de óbitos por covid-19 no Amazonas.

Com o apoio dos deputados do Podemos, o Requerimento de criação da CPI da Asfixia completa cinco assinaturas, confira: