CPI pede que Amazonas Energia esclareça arrecadação da Cosip em Itacoatiara

Município passa por diversos cortes e apagões de energia sem aviso e comissão quer saber onde está sendo investido o valor

amazonas energia itacoatiara

Sinésio Campos informou que o município é uma cidade polo e não pode sofrer com interrupções na energia. Foto: Divulgação

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Amazonas Energia da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) realizou, nessa segunda-feira (14), às 9h, a sua 33ª reunião, na Câmara Municipal de Itacoatiara.

O presidente da CPI, deputado estadual Sinésio Campos (PT), solicitou da Amazonas Energia, no prazo de cinco dias, os valores arrecadados através da Contribuição para Custeio do Serviço de Iluminação Pública (Cosip), nos últimos três anos, bem como explicações sobre a intenção de venda de imóvel de propriedade da administração pública municipal.

“Itacoatiara é uma cidade polo, onde temos uma amostra significativa das irregularidades cometidas por essa empresa. Uma concessionária que atende, em torno, 950 mil domicílios, tanto na capital quanto no interior e que, por essa razão, entendemos que deveríamos organizar sessões nesses locais. Queremos saber para onde está indo o dinheiro do povo, pois não estamos vendo os investimentos no setor, pelo contrário, os problemas só aumentam”, disparou Sinésio Campos.

Foram ouvidos, ainda, na reunião, representantes do poder público que apontaram sobre os problemas enfrentados pelo município com relação à qualidade dos serviços prestados pela concessionária.

Representando a Câmara Municipal de Itacoatiara, a vereadora Cheila Moreira (PT) recriminou a atuação da concessionária no município. Ela denunciou situações irregulares como, por exemplo, apagões constantes e corte de energia sem aviso.

“Aqui, em Itacoatiara, há cortes de energia nos fins de semana, sendo que tal prática é considerada crime, previsto na lei, tamanha é a irresponsabilidade dessa empresa para com a população. As pessoas são humilhadas com essas e outras situações, além das tarifas abusivas que chegam todos os meses em suas residências”, criticou a vereadora Cheila Moreira.

A próxima reunião itinerante da CPI da Amazonas Energia será na cidade de Tefé, quinta-feira (17), às 9h, na Câmara Municipal.

(*) Com informações da Assessoria