Dá licença de discordar, mas no nosso Radar o melhor do jogo foi Oscar!

oscar 44

Sei que vai ter gente discordando, atacando com a velha premissa de que mulher não entende de futebol, mas aqui no Radar a mulherada entende mais de futebol que muito marmanjo metido a técnico. Mais uma vez, os elogios se concentram em Neymar, que foi eleito o melhor da partida. Pois, digo que o melhor em campo foi Oscar. O cara parecia estar ligado numa tomada de 220 volts, marcando em cima os jogadores da seleção croata, e tomando a bola incontáveis vezes, de carrinho, de canela, de joelho, de pé e deitado.  Foi assim que saiu o primeiro gol brasileiro – se bem que o primeiro gol da Croácia também foi brasileiro, gol contra de Marcelo – quando Oscar perdeu a bola, mas insistiu duas vezes, e conseguiu dominar e fazer o passe pra Neymar, que chutou a bola pro gol, meio esquisito, mas importante é que entrou. Incansável, Orcar dominou o jogo do lado direito e foi dos pés dele que teve início a jogada para o segundo gol, com o cruzamento para Fred, que valorizou um puxão do jogador croata e o juiz marcou pênalti – e a imprensa brasileira está fazendo polêmica até agora se ouve ou não o pênalti. Pois morro dizendo que foi pênalti e ponto final. E, lá surge o Neymar que só fez botar a bola pra dentro do gol, e quase que o excelente goleiro da Croácia defende – esse de tão chato que era, por defender bolas incríveis, eu acabei guardando o nome, Pletikosa .  E, mais do que justo, o “universo da bola” conspirou a favor de Oscar para que fizesse o terceiro gol do Brasil, após um tranco dado por Ramires no adversário, que tem um monte de gente da crônica esportiva dizendo que fez falta no jogador croata. Dá um tempo! Se não vai no jeito, vai na marra. Certo tá o Ramires que tomou a bola, e passou para Oscar, que fez o gol. Tá provado que o melhor, foi Oscar? (Any Margareth) 

Foto: G1