Daniel Maciel desmente olho roxo por causa de briga com diretor do hospital de Coari, mas confirma o que chamou de “desentendimento”

Foto enviada pelo senhor Daniel Maciel como sendo atual para desmentir olho roxo

Foto enviada pelo senhor Daniel Maciel como sendo atual para desmentir olho roxo

O secretário de Comunicação do município de Coari, Daniel Maciel, entrou em contato, via telefone, com o Radar afirmando não ter ficado com hematomas consequentes de uma briga que teria ocorrido entre ele e o diretor do Hospital de Coari, Jeilson Pereira Ferreira, por causa do não funcionamento do raio X daquela unidade de saúde. O filho do secretário sofreu um acidente de trânsito e precisava do exame de raio X. Daniel Maciel enviou ao Radar uma foto, que ele diz ser atual, para provar que não está de olho roxo. Ele não quis entrar em detalhes sobre a briga com o diretor do hospital, e minimizou o que aconteceu chamando de “desentendimento”.

Porém, o secretário não negou que se indignou com falhas no atendimento ao seu filho. “Sei que você deve ter ideia do que é ver um filho em cima de uma maca, todo machucado, precisando de um exame. Qualquer um fica desesperado”, disse Daniel Maciel, que ouviu como resposta do Radar ao telefone que temos plena consciência do seu desespero, afinal é o mesmo sentimento que notamos nas mensagens enviadas pelos cidadãos de Coari quando denunciam, falta de raio X, ou de mamografia, enquanto o mamógrafo se acaba dentro de uma caixa, sem ser instalado, desde o ano passado, e até por ter que levar gaze e esparadrapo pra fazer um simples curativo no Hospital de Coari.

Ao ser confrontado com essas situações, o secretário de Comunicação disse que, assim como a questão de problemas no raio X do hospital, essas falhas no atendimento “têm a ver com uma questão de gestão, com a capacidade de resolver”, ou seja, segundo o secretário seria uma responsabilidade do diretor do hospital e do secretário de Saúde. “Eu vi o prefeito (Igson Monteiro) liberar os R$ 32 mil para o conserto do raio X. Porque não foi resolvido, isso é outra coisa”, disse o secretário, tirando a culpa do prefeito por problemas na área de saúde de Coari.

Daniel Maciel garantiu inclusive que o exame acabou sendo feito no hospital de Coari porque existiria outra máquina de Raio X. “O que faltava era técnico de plantão no Ano Novo para manusear o equipamento”, disse ele, apontando outra falha no atendimento. E, para quem não entendeu, então, o porquê de tanta briga, o Radar explica: a máquina de raio X que está quebrada, é uma com moderna tecnologia que chegou ao hospital no ano passado junto com o aparelho de mamografia, que até hoje não foi instalado, continua encaixotado. O raio X feito no filho do secretário foi com um aparelho antigo – daqueles que ainda usam até sala escura, lembram? –  e que precisam ser manuseados por um técnico. Acontece que os servidores dessa área estão ficando em casa porque seus contratos foram cancelados, e ainda estão com salários atrasados. Segundo funcionários do hospital, um técnico foi chamado para lidar com a “velharia que é a máquina antiga de raio X apenas porque houve o problema com o filho do secretário”.

O secretário de Comunicação, Daniel Maciel, diz ainda sobre o que chama de “desentendimento” com o diretor do hospital. “Não tenho problemas pessoais com ele. Mas, apenas reclamei como faria qualquer pessoa, afinal antes de ser secretário sou um cidadão de Coari tanto quanto qualquer outro que usa o sistema de saúde pública”, argumentou Daniel Maciel. (Any Margareth)