David critica reajuste dado para PM e projeto do Governo que aumenta impostos (ver vídeo)

Em resposta ao questionamento do Radar sobre o posicionamento dos 13 deputados que mantiveram o veto do governador ao reajuste pretendido pelos policiais e bombeiros militares de 10,85% este ano, o presidente da Assembleia Legislativa do Estado (Aleam), David Almeida(PSB) disse que não concorda com o discurso de que “é melhor 4% de reajuste do que nada”, mas ponderou que nem sempre o que se quer é aquilo que se consegue.

Porém, David desqualificou as alegações do Governo de que não há recursos para dar um reajuste maior que 4% para os policiais e bombeiros militares, afirmando que o Amazonas teve o maior aumento de arrecadação do País. Ele também deixou escapar que chegou à Assembleia um projeto do Governo de Amazonino que aumenta a cobrança de impostos.