David Reis gasta mais de R$2 milhões em contratações que vão de limpeza de carpete a construção de cobertura na CMM

Só a higienização dos carpetes e móveis custará mais de R$500 mil

Foto: divulgação

Em mais um episódio de farra com o dinheiro público, o presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), David Reis (Avante),vai gastar mais de R$ 2 milhões com serviço de manutenção e consultoria para o legislativo municipal. O montante é a soma de três extratos de contratos que preveem desde limpeza de carpete até consultoria técnica de gestão de pessoas. Os documentos foram publicados nessa quinta-feira (20) no Diário Oficial da Câmara. (Confira os documentos no fim da matéria).

Cobertura do plenário

Plenário da Câmara Municipal de Manaus. Foto: divulgação

O primeiro, o contrato 032/2021, assinado no último dia 22 de dezembro, tem como objeto a “contratação de empresa especializada na prestação de serviços de engenharia para a construção de uma cobertura e plataforma de manutenção do plenário da câmara municipal de Manaus

Após a tentativa fracassada de gastar R$ 32 milhões com a construção de um anexo da Câmara, que passou a ser chamado pejorativamente de “puxadinho”, David Reis vem acumulando gastos com outros tipos de contrato. Agora ele vai construir uma cobertura no plenário – o Radar pediu explicações sobre a cobertura, já que o plenário já é coberto, mas não houve resposta  A construção custará mais de meio milhão de reais, mais precisamente R$610.773,76 (seiscentos e dez mil, setecentos e setenta e três reais e setenta e seis centavos) aos cofres públicos e ficará à cargo da empresa Charles de Melo Fernandes.

Entretanto, o documento não cita sequer o CNPJ da empresa. Por isso, o Radar realizou uma pesquisa no site da Receita Federal e constatou que a mesma é inscrita no número 27.301.392/0001-85, possui um capital social de R$200 mil e não presta informações sobre sócios e administradores (sócios ocultos).

A vigência do contrato é de 60 dias –Imagem: Receita Federal

Em consulta ao contrato da nova cobertura do plenário da Casa Legislativa, não fica especificado como será o tamanho dessa cobertura. No contrato, fica discriminado que as especificações da construção estariam no projeto básico em anexo ao contrato. Só que o anexo não foi encontrado no Portal da Transparência da Câmara Municipal de Manaus.

No próprio contrato, não fica claro como será a cobertura e nem sua respectiva proporção.

Gestão de pessoas custará quase R$1 milhão

Já o segundo contrato, o de número 035/2021 e assinado do dia 30 de dezembro, estabelece a contratação de “empresa especializada para a prestação de serviços de consultoria técnica compreendendo a gestão organizacional e gestão de pessoas da CMM”.

Para essa tal de “gestão de pessoas”, David Reis vai gastar R$ 900 mil em apenas quatro meses. A contratada que receberá quase um milhão dos cofres da Câmara é a empresa Ferreira e Pergamon Consultorial LTDA, inscrita no CNPJ n° 07.542.421/0001-93.

De acordo com informações da Receita, a Ferreira e Pergamon é uma empresa familiar, já que é administrada por sócios com o mesmo sobrenome, Heleno dos Santos Ferreira e Hudson dos Santos Ferreira como sócio. A empresa possui o capital social (valor investido) de R$800 mil.

Fonte: Receita Federal

Além do alto valor, o que chama atenção nesta contratação é que esse tipo de serviço já existe na estrutura da própria CMM, que em sua nova estrutura organizacional –que também custou milhões aos cofres públicos– estabelece uma diretoria de gestão de pessoas.

Além da diretoria, também é disponibilizada uma coordenação de gestão de pessoas e duas gerências. Assim, são 4 cargos exclusivamente para gestão de pessoas, mas mesmo assim o presidente decidiu gastar em duplicidade para o mesmo serviço.

A nova estrutura organizacional aprovada pela CMM no último mês prevê uma equipe de gestão de pessoas.

Lavagem de carpetes por mais de R$560 mil

O terceiro contrato, assinado no dia 22 de dezembro e com vigência de 120 dias, é voltado para contratação de uma empresa “especializada em serviços de higienização (lavagem a seco) de carpete, cadeiras, poltronas e sofás, com  fornecimento de insumos e mão de obra, em todas as dependências da Câmara” e custará R$561.093,00 (quinhentos e sessenta e um mil, noventa e três reais). No documento não fica claro a quantidade de carpetes, sofás, cadeiras e poltronas que serão higienizadas, justificando assim o alto valor pago.

Inscrita no CNPJ n° 24.888.828/0001-78, a empresa JBConsgraf Construções e impressões Eireli registra “comércio varejista de materiais de construção em geral” como a atividade econômica principal, possui apenas um sócio administrador,  Josué Bruno Barbosa e informa o capital social de R$300 mil.

Fonte: Receita Federal

Três milhões em uma semana

Essa não é a primeira vez que David Reis realiza uma série de contratações por altos valores. Em novembro de 2021 o Radar revelou que o presidente da CMM gastou R$3.390.465,00 (três milhões, trezentos e noventa mil e quatrocentos e sessenta e cinco reais) divididos em aluguéis, compras de itens institucionais, serviços de escaneamento de documentos e manutenção do Circuito Fechado de Televisão (CFTV).

O Radar entrou em contato com a assessoria de comunicação da Câmara Municipal de Manaus para questionar qual a necessidade da construção de uma cobertura no plenário da CMM e quais as suas especificações. Além de verificar quantos itens (carpetes, sofás, cadeiras e poltronas) serão higienizados e qual a necessidade de se contratar uma empresa para gestão de pessoas. A reportagem ainda aguarda respostas.

Confira os extratos na íntegra:

  1. Contrato n°032/2021 — Cobertura do plenário
  2. Contrato n°035/2021— Consultoria técnica de gestão e pessoas
  3. Contrato n°036/2021— Lavagem de carpete

Inscrições de empresa:

  1. Charles de Melo Fernandes
  2. Ferreira e Pergamon Consultorial LTDA 
  3. JBConsgraf Construções e impressões Eireli