David vai reduzir taxa de inspeção veicular no seu governo

O candidato ao governo do Estado pela coligação Renova Amazonas, David Almeida (PSB), firmou o compromisso de, assim que assumir o governo, diminuir o valor da taxa de inspeção veicular no Amazonas. Segundo ele, a taxa, que era apenas R$ 9,90 no ano passado, passou a custar, sem maiores explicações, R$ 110. “Quando eu for governador novamente, nós vamos reduzir esse valor para menos de R$ 30. Nós vamos combater o desperdício e a corrupção, no nosso governo”, afirmou David.

No ano passado, o atual governo tampão firmou contrato com a Visnorte-Empresa de Vistorias Ltda, que passou a cuidar das vistorias para o Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM). Logo em seguida, sem consulta prévia ou comunicado público, a empresa aplicou reajuste sobre a taxa de inspeção veicular de, aproximadamente, 1000%. Dos R$ 9,90 que os proprietários de veículos pagavam pela inspeção, eles passaram a pagar R$ 110, valor cobrado atualmente pela Visnorte, que por um certo tempo monopolizava o serviço com a chancela do governo.

“É o tipo de cobrança que tem cheiro de corrupção, de favorecimento a alguém, contra a população. Como é que uma taxa de uma simples inspeção veicular, que custava apenas R$ 9,90, passou a custar R$ 110? É um abuso contra os contribuintes, proprietários de veículos de passeio, contra os taxistas e os motoristas de serviços de aplicativos. Nosso governo vai acabar com essa cobrança abusiva”, frisou David Almeida.

A empresa foi questionada na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), no ano passado, pelo presidente da Comissão de Assuntos Municipais e Revisão Territorial, deputado Platiny Soares (PSB).

Quando governador interino do Amazonas – de maio a outubro do ano passado -, David anunciou a redução de 50% da polêmica Taxa de Inspeção Veicular Ambiental. Na época o valor caiu de R$ 133 para R$ 66,70, o que, para David, era necessário, diante da crise econômica que afetava o orçamento das famílias, e uma taxa como essa, embora dentro da legalidade, não tinha vindo em boa hora.

Depois de conseguir entrar em consenso com as empresas de inspeção veicular responsáveis pelo serviço na época, David dialogou com os deputados da Aleam, para que o Legislativo aprovasse projeto que revogava a cobrança da taxa.

Matéria de responsabilidade da assessoria do candidato