Decisão judicial obriga que Governo do Amazonas transfira paciente com Covid-19 de Parintins para UTI em Manaus

Foto: Divulgação

A Justiça determinou que o Governo do Amazonas transfira um paciente com Covid-19 de Parintins para Manaus. O homem, de 27 anos, está com quadro de pneumopatia infecciosa e 55% dos pulmões comprometidos, sendo necessária a transferência para acompanhamento em Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

O Governo do Amazonas tem 24 horas para cumprir a decisão, a contar do recebimento da intimação. Em caso de descumprimento, a multa diária ao Estado é de R$ 5 mil, limitada a 30 dias.

A decisão liminar foi concedida após uma ação conjunta movida pela Defensoria Pública do Estado (DPE-AM) e pelo Ministério Público do Amazonas (MPAM), que usaram como argumento o fato do município não dispor de leitos de UTI, sendo necessária a remoção do paciente para Manaus, como forma de garantir seu direito à saúde.

O paciente está internado no Hospital Jofre Cohen, em Parintins, há dois dias e a família havia iniciado uma campanha nas redes sociais para arrecadar dinheiro e tentar transferi-lo à rede particular de saúde em Manaus.

(*) Com informações da assessoria da DPE-AM