Anúncio Advertisement

Defensoria Pública celebra 29 anos e ganha homenagem da Aleam

Divulgação/Aleam

A Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) celebrou, nesta sexta-feira (29), 29 anos de existência e recebeu na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) uma sessão especial em homenagem a data. A iniciativa da homenagem foi do deputado estadual Sinésio Campos (PT).

A sessão reuniu defensores e servidores, entre os quais os primeiros que trabalharam na instituição, criada no dia 30 de Março de 1990, com o objetivo de prestar assistência jurídica gratuita à população de baixa renda, por meio de advogados de ofício lotados no extinto Departamento de Assistência Judiciária, vinculado à Secretaria de Estado da Justiça.

Em seu discurso, o defensor geral em exercício, Antônio Cavalcante de Albuquerque Júnior, agradeceu a homenagem proposta pelo deputado Sinésio Campos. “É tempo de convergência e no Brasil estamos em um momento em que a palavra de ordem é a união entre os poderes, pelo bem da população. E isso já vem acontecendo há algum tempo entre a Defensoria Pública e o Legislativo Estadual, que vem reconhecendo a importância do nosso trabalho e vice- versa. Através desse reconhecimento, temos um empoderamento do acesso à justiça e da efetivação dos direitos que a Defensoria proporciona na defesa das minorias”, afirmou.

Foram homenageados pela Aleam, com uma placa comemorativa, dez defensores e servidores: as defensoras Ana Regina Souza, Melissa Credie Borborema, Caroline Souza, Suelen Paes dos Santos Menta e Pollyana Souza Vieira; os defensores Leonardo Aguiar, Marco Aurélio Martins da Silva, Teo Eduardo Ribeiro; e os servidores Cristina Souza Aguiar e Sérgio Augusto Arocha.

Em nome da Associação dos Defensores Públicos do Estado do Amazonas (Adepam), o defensor público Thiago Nobre Rosas, registrou em seu discurso características especiais da atuação de cada um dos homenageados com a placa. “Todos os dias nós fazemos uma entrega sobre-humana no trabalho da Defensoria Pública, enfrentando dificuldades como a falta de funcionários para mandar para o interior, passando do horário por conta das demandas, pressão de todos os lados, mas nós temos de continuar. Temos de comemorar esses 29 anos de existência e temos de continuar, porque do outro lado da mesa temos o assistido, que é sempre tão sofrido, mas que sempre relata que resolveu seu problema, mesmo com a demora e por isso ele fica alegre,porque sabe que vai resolver o seu problema”, afirmou.

No encerramento da sessão, após a manifestação emocionada de agradecimento da defensora Ana Regina Souza, o deputado Sinésio Campos anunciou que irá propor a ela a concessão da Medalha Ruy Araújo, a condecoração mais importante da Casa Legislativa. “Em 22 anos de mandato, nunca fiz uma proposta como essa, por entender a importância dessa concessão, mas conhecendo mais ainda o trabalho de vocês, entendo que a defensora Ana Regina merece essa medalha”, finalizou.

Com informações das assessorias da DPE-AM e da Aleam.