Defensoria Pública fará mutirão carcerário no interior do Amazonas

Atendendo a um pedido do bispo da igreja Católica em Itacoatiara, dom José Ionilton Lisboa de Oliveira, a Defensoria Pública do Amazonas (DPE/AM) deu início a um mutirão carcerário nos municípios atendidos  pela instituição na região.

Coordenado pela defensora pública Carla Regina Xavier Rocha, o mutirão fará em 30 dias a análise processual de 240 réus presos e condenados nos municípios de Urucará, São Sebastião de Uatumã, Itapiranga, Silves e Urucurituba.

Reunião

“Precisamos de uma ação urgente”, afirmou o bispo, durante reunião com o defensor Thiago Rosas, coordenador da  Defensoria Especializada no Atendimento Prisional (DEAP) da DPE-AM, em outubro deste ano.

Na época, o representante da igreja Católica informou à DPE que os seis municípios da Prelazia de Itacoatiara, que abrange os municípios de Urucará, São Sebastião de Uatumã, Itapiranga, Silves e Urucurituba, há cadeias superlotadas, embora só haja presídio em Itacoatiara.

Além de realizar o mutirão, o coordenador  da DEAP, defensor Thiago Rosas, reforçou o objetivo de ampliar o atendimento no Polo da Defensoria em Itacoatiara, inaugurado em março deste ano.

Com informações da DPE-AM.