Anúncio

Defensoria Pública reúne movimentos sociais para combater à violência contra as mulheres

O Núcleo de Apoio à Mulher da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) reuniu nessa quarta-feira (25), com toda rede de movimentos sociais de enfrentamento à violência contra as mulheres, na sede da Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), para definir programação do mês de agosto, quando se comemora os 12 anos da Lei Maria da Penha, no dia 07 de agosto.

A programação inclui o lançamento do Agosto Lilás, dia 01, na sede da Ordem dos Advogados do Brasil, secção Amazonas (OAB-AM). No dia 07 a Defensoria realiza um ato público, levando atendimento jurídico no ônibus da instituição para o Largo São Sebastião, Centro. E no dia 29 participa da roda de conversa sobre gênero e diversidade, em comemoração ao Dia da Visibilidade Lésbica no Brasil.

A DPE participa ainda das oficinas populares para divulgação da Lei Maria da Penha nas escolas estaduais, centros comunitários e maternidades, entre outros. Além de uma semana de atendimento em Manacapuru, onde vai ser realizada uma ação itinerante, e uma audiência pública que reinstala o Conselho Estadual de Defesa da Mulher (Cedim) na cidade.

A defensora pública Caroline Braz, titular no Núcleo da Mulher, acrescenta que a DP está se aproximando dos movimentos sociais, para de fato defender os direitos das mulheres. “Queremos nos aproximar dos movimentos sociais, da população, para captar os reais anseios da sociedade”, afirmou.

Como parte das atividades, a defensora pública ainda será palestrante na audiência pública da OBA, no dia 16 de agosto, falando sobre o tema Feminicídio e Inovações da Lei 11.340.