Defensoria reaplica provas em Tabatinga e registra alto índice de faltas

Nesse domingo (10), a Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DE-AM) reaplicou as provas do concurso público para provimento de cargos do quadro de servidores auxiliares da instituição, em Tabatinga. Mais da metade dos inscritos não compareceram ao local da prova.

Os gabaritos serão divulgados a partir dessa segunda-feira (11), quando se inicia também o prazo para interposição de recursos no site da Fundação Carlos Chagas (FCC), das provas objetivas, que vai até quarta (13). Para as objetivas e discursiva – Estudo de Caso, o prazo para interposição de recursos inicia-se dia 24/07/2018 e vai até 25/07/2018.

Pela manhã, houve prova para cargo de técnico na Escola Estadual Pedro Teixeira, contabilizando 110 candidatos presentes e 142 ausentes. Na Escola Xavier de Alencar, o número de ausentes foi maior, com 148 faltando à prova para um total de 107 presentes. No período da tarde, a prova foi para o cargo de analista, com um total de 15 presentes e 24 ausentes.

O defensor público Ricardo Paiva, que acompanhou a prova no município, disse que não houve intercorrências, além da chuva que pode ter contribuído para o elevado índice de faltas. Segundo ele, as provas foram embaladas em dois envelopes para garantir a inviolabilidade do material.

As provas foram reaplicadas no município por conta de problemas ocasionados pelo fuso horário de Tabatinga.