Delação da Odebrecht cita Aécio como recebedor de repasses

aecio-27-capa

Em delação, executivos da empreitera Odebrecht citaram o senador Aécio Neves (PSDB-MG) como recebedor de repasses financeiros, através de uma das agências de publicidade de Paulo Vasconcelos, que trabalha com Aécio há muitos anos e foi seu marqueteiro na campanha presidencial de 2014.

De acordo com a reportagem do jornalista Renato Onofre, publicada na revista Veja deste fim de semana, a Odebrecht acusa Aécio de receber milhões por meio de seu marqueteiro Paulo Vasconcelos, que atua com ele há vários anos e fez sua campanha presidencial em 2014. Os pagamentos seriam feitos pela Odebrecht a uma das agências de publicidade de Vasconcelos, que pagava despesas de Aécio, como seu caixa informal.

“Em relação a Aécio, está tudo muito bem documentado”, disse um dos investigadores ao jornalista Renato Onofre.

Esta, no entanto, não é a única acusação que pesa contra o presidente nacional do PSDB. Aécio já foi acusado por vários delatores da Lava Jato de operar um mensalão em Furnas e também de comandar esquemas no Banco Rural, instituição financeira que protagonizou o chamado mensalão tucano.

Fonte: Notícias ao Minuto