Delegada da PC é presa por corrupção e tráfico de drogas em Codajás (ver vídeo)

A delegada de polícia, Alessandra de Souza Braga foi presa, nessa sexta-feira (19), durante a “Operação Navalha” no município de Codajás (a 240 quilômetros de Manaus), deflagrada pela Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência (Seai), Corregedoria Geral do Sistema de Segurança e Polícia Civil. Ela é acusada de participar de um suposto esquema de cobrança de propina e envolvimento com o tráfico de drogas no município.

Em um vídeo gravado por moradores e que está sendo veiculado nas redes sociais é possível ver o momento em que a delegada é presa pela Polícia Civil. Nas imagens, é possível ouvir aplausos. (Ver vídeo no final da matéria)

Além da delegada, outro mandado de prisão preventiva foi expedido em desfavor do traficante líder da organização que não teve o nome revelado. Também foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão, incluindo setores da 78ª Delegacia Interativa de Polícia e Companhia da Polícia Militar de Codajás. Em Manaus foi cumprido um mandado de busca e apreensão.

Segundo a PC, as principais atividades dos envolvidos era no comércio e transporte de drogas e munições de armas de fogo, comandado por um traficante, que envolvia até municípios próximos, como Coari e Tabatinga. De acordo com as investigações, a organização fazia ataques de “pirataria” nos rios contra as embarcações de traficantes rivais.

Além disso, as investigações revelaram que os criminosos contavam com a proteção de agentes públicos responsáveis pela segurança em Codajás. A operação está sendo comandada pelo delegado-geral adjunto, Ivo Martins e continua no município.