Depois de atrasar salários, governo do Amazonas vai voltar a pagar servidores na data certa

Foto: Divulgação

O governador Wilson Lima (PSC) anunciou, nesta quinta-feira (19), que vai voltar a pagar os salários dos servidores públicos no final do mês, e não mais em atraso como começou fazendo no fim de 2019. O pagamento do salário volta a ser efetuado nos dias 28 e 29 como tradicionalmente era. O governador também anunciou o calendário de pagamento da segunda parcela do 13° salário, que vai ser depositada nos dias 15 e 16 de dezembro.

As ações fazem parte do pacote de medidas econômicas relacionadas ao funcionalismo público, que, de acordo com Wilson, injetará cerca de R$ 1,2 bilhão na economia do Estado.

“A segunda parcela dos servidores públicos do Amazonas, será pagas no dias 15 a 16 dezembro, e o salário referente ao mês de dezembro, será pago nos dias 28 e 29, ou seja, vamos antecipar esse pagamento para o servidor possa ter um natal tranquilo”, disse Wilson Lima.

No ano passado o governo do estado fez o anúncio, que atrasaria os salários dos servidores, o que resultou em manifestações dos trabalhadores, que passaram o Natal e Ano Novo sem dinheiro.

“Tivemos que tomar algumas medidas, em que alguns momentos foram duras, mas que foram necessárias, para que pudesse ter esse momento que temos agora, pegamos o estado no momento muito complicado em 2019, que havia um desequilíbrio fiscal muito grande, de onde já havia a ultrapassagem de lei fiscal, conseguimos colocar o estado em uma situação de prioridade, priorizar aquilo e essencial, por isso o pagamento dos servidores público em dia é prioridade nossa, estamos honrando isso” destacou Lima.

Na ocasião, também foi comunicado que, a partir de janeiro de 2021, os salários do funcionalismo público serão pagos nos dois últimos dias úteis do mês trabalhado. Segundo o governador, as medidas foram possíveis graças à “gestão fiscal eficiente do Estado”, que apresentou bom desempenho mesmo durante a pandemia.

“Tudo isso que estamos anunciando de benefício para o servidor é resultado do esforço que nós fizemos nos anos de 2019 e 2020, juntamente com todo o nosso secretariado, com a nossa base na Assembleia Legislativa. A gente conseguiu, com todos esses movimentos e esforço que nós fizemos, colocar o Estado hoje numa situação em condições de priorizar aquilo que é importante e essencial, e o pagamento do servidor público em dia é prioridade nossa”, frisou Wilson Lima.