Depois de perder 70 patrocinadores, Sikêra cria empresa falsa para caçar e ameaçar telespectadores arrependidos (ver vídeo)

Apresentador é alvo de campanha de desmonetização depois de comentários homofóbicos

Foto: Reprodução

A veia violenta e vingativa do apresentador Sikêra ficou exposta, mais uma vez, em uma trama tosca que teve o único objetivo de caçar e ameaçar telespectadores que aderiram à campanha contra a prestação de patrocínios ao dublê de jornalista, contratado da RedeTV!. Depois de ter perdido mais de 70 anunciantes em seu programa na emissora, e em seu canal no YouTube, o apresentador criou uma empresa falsa e começou a chamar atenção dos telespectadores com supostas promoções.

Durante mais de uma semana, Sikêra fez anúncios de uma rede de Óticas Tambaqui. Fazia isso pedindo que os telespectadores informassem seus dados pessoais nos grupos de whatsapp do programa na emissora. Mas, nesta quinta-feira (22), ele assumiu que a loja nunca existiu. A empresa foi criada apenas para descobrir telespectadores contrários a ele mesmo, Sikêra.

E, o que se torna mais sinistro, o anúncio da farsa veio acompanhado de ameaças aos telespectadores que expuseram seus protestos contra a suposta empresa patrocinadora. “Essa Ótica não existe. Eu criei essa ótica. Isso se chama isca e um monte de lacrador foi pra lá, mandando [mensagem] no WhatsApp, dizendo que nunca mais botava o pé nessa ótica”, disse Sikêra no ar.

De acordo com o site Notícias da TV, o apresentador ainda xingou de “satânicas” e “malignas” as pessoas que aderiram à campanha de desmonetização de seu programa. Sikêra revelou que criou o perfil da loja no Instagram durante uma madrugada, e fez ameaças.

“O bom é que eu peguei todos os números de WhatsApp, aí fica mais fácil de achar. Instagram é mais fácil de falsificar. Pelo WhatsApp não. Agora eu lhe acho. E a gente vai ter que dividir o prejuízo. Você contratando seu advogado já é lucro pra mim”, disse o apresentador.

A onda contrária ao patrocínio do programa do apresentador veio depois de uma série de comentários homofóbicos, o que fomentou a criação do grupo Sleeping Giants Brasil (Um movimento de consumidores contra o financiamento do discurso de ódio e das Fake News). Até agora, não se sabe de o apresentador já saiu caçando os seus telespectadores arrependidos. E nem, se novas empresas fakes começaram a patrocinar o seu programa.

No perfil do apresentador, no Instagram, o vídeo foi apagado. Mas o conteúdo está postado no perfil @espiamanozinho.

Com informações do site Notícias da TV