Deputado aponta ‘incoerências’ no governo de Amazonino Mendes

O deputado Sabá Reis (PR), mostrou na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), várias manchetes de blogs da cidade, que mostram as incoerências do governo de Amazonino Mendes. As informações foram repassadas durante o discurso do parlamentar no plenário, nessa quinta-feira (21).

Um deles informa que o Ministério Público Federal (MPF) está processando a ex-secretária de Estado da Juventude, Esporte e Lazer Esporte do Amazonas (Sejel), Janaína Chagas Câmara, por distribuir bolas aos moradores da Zona Leste de Manaus em ano eleitoral.

De acordo com Sabá Reis, o que resta saber é se essas bolas foram adquiridas com dinheiro pessoal da ex-secretária, ou dinheiro público da Sejel, já que a distribuição aconteceu em fevereiro deste ano. “O mesmo acontece com a distribuição de rabetas, motores de polpa e outros produtos para favorecer candidatos do governador Amazonino, no interior, na tentativa de disputar a eleição”, disse.

Outra manchete diz respeito ao fato de uma Escola estadual estar servindo achocolatado com água por falta de leite. Sabá Reis disse que a empresa Ripasa Alimentos, que tem o contrato com o governo, com dispensa de licitação, recebeu R$ 5,66 milhões no último dia 2. “Esse é um dos absurdos do governo que institucionalizou a prática da dispensa de licitação em sua gestão”, lamentou.

O deputado disse que quando aponta as falhas do governo no plenário da Aleam, deputados da base aliada do governo, no afã de dar uma resposta para o governador Amazonino, o acusam de não ajudar. “Se o Amazonino cumprisse a lei, o presidente David Almeida não iria cobrar na Justiça os R$ 120 milhões do Orçamento reservado às emendas impositivas da Lei Orçamentária Anual (LOA)”, frisou.

Outro blog acusa Amazonino de nomear seu médico particular, Francisco Deodato, para ser o coordenador de Integração das Ações Administrativas do Governo do Estado, que é o Secretario de Estado da Saúde. “Será uma espécie de vice, já que Bosco Saraiva está alijado do governo”, sintetizou Sabá Reis.

Com informações da assessoria do deputado