Deputado cobra do Governo o pagamento das promoções dos policiais militares

O deputado estadual Cabo Maciel (PR) cobrou, na última terça-feira (23), na tribuna da Assembleia Legislativa do Estado (ALE-AM), a efetivação das promoções de policiais e bombeiros militares pelo Governo do Amazonas.

De acordo com o deputado, a Secretaria de Estado de Administração (Sead) deveria ter feito o fechamento da folha de pagamento com todas as correções nas novas graduações, mas não o fez, alegando falta de recursos financeiros.

Ele informou que a folha de pagamentos fechou no dia 12 de outubro e os policiais militares não vão receber seus vencimentos conforme sua nova patente ou graduação.

“Quero pedir ao Governo que efetive o pagamento, pois não adianta vir com folha extra, que não vai surtir o efeito necessário. É necessário que se faça essa correção até como fator de justiça. É um absurdo! Já não pagaram o retroativo de 2014 a 2018 nas promoções ocorridas e todas as promoções feitas a sargentos e aspirantes, além do auxílio fardamento não aconteceram”, disse Cabo Maciel.

Troca de comando

O deputado denunciou, ainda, problemas no comando da Polícia Militar no município de Tabatinga (a 1.108 quilômetros da capital). Segundo ele, o comando da PM perdeu o controle e a essência de se fazer Segurança Pública devido “a troca complicada” ocorrida na corporação.

Segundo ele, “há um tempo foi exonerado do Comando da Polícia de Tabatinga o major Herlon Gomes assumindo em seguida o tenente-coronel Nilo Correa, indo para o município como major, através de promoção graciosa como um prêmio para ele assumir o cargo, até pelo fato de Tabatinga ser muito distante. Hoje, Tabatinga está sem comando. O major Herlon assumiu com secretário de Segurança Pública e Defesa Social de Tabatinga. Também tomou posse o sub-secretário Magno Souza”.

 

Com informações da assessoria do parlamentar.