Deputado denuncia que alunos soldados da PM estão há cinco meses com salários atrasados

O deputado estadual Cabo Maciel (PR) denunciou, nessa terça-feira (13), na Assembleia Legislativa do Estado (ALE), que 28 alunos soldados da Polícia Militar do Amazonas que fazem curso no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (Cefap) estão passando fome porque não recebem a bolsa a qual têm direito há cinco meses. Segundo o deputado, os alunos estão sem receber a bolsa-auxílio porque estariam sem a matrícula na PM.

Segundo o parlamentar, os alunos, muitos vindo do interior do Amazonas, não têm como pagar aluguel ou custear a alimentação. “Alguns estão passando fome, vivendo da ajuda de terceiros. Como fazer esforço físico sem se alimentar direito?”, questionou o deputado Cabo Maciel.

O deputado apelou ao governador Amazonino Mendes (PDT) que dê celeridade ao processo de geração de matrícula dos alunos. O processo tramita na Casa Civil, que já está na Casa Civil. “Qual a formação que esses futuros servidores estão tendo ali dentro da escola da PM para posteriormente servirem ao povo do Amazonas?”, questionou o deputado.

Com informações da assessoria do parlamentar.