Deputado do Centrão vai relatar caso de Daniel Silveira

Fernando Rodolfo (PL-PE). Foto: Agência Câmara

O Conselho de Ética da Câmara nomeou um deputado do Centrão para relatar o processo de quebra de decoro parlamentar contra o deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), preso por ordem do Supremo Tribunal Federal (STF). A prisão foi mantida pela Câmara dos Deputados.

Fernando Rodolfo (PL-PE) será o responsável por apresentar um parecer ao colegiado e recomendar se o caso deve prosseguir ou ser arquivado. Silveira está detido desde a noite do dia 16 por defender a destituição dos ministros do Supremo. Ele passou dois dias na Superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro e, agora, está no Batalhão Especial Prisional da Polícia Militar em Niterói.

Na sexta-feira, 19, o plenário da Câmara decidiu manter o parlamentar preso, por 364 votos a 130 – Fernando Rodolfo foi um dos deputados que votaram a favor da manutenção da prisão do parlamentar.

Flordelis

O Conselho de Ética designou também o deputado Alexandre Leite (DEM-SP) como relator do processo por quebra de decoro parlamentar contra a deputada Flordelis (PSD-RJ), acusada de mandar matar o marido, o pastor Anderson do Carmo. Nesta segunda, 22, o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) decidiu afastá-la do cargo. Essa decisão também terá que ser avaliada pela Câmara.

O Conselho de Ética é o órgão responsável por apurar responsabilidades e impor punições aos deputados. Silveira é alvo de outro processo por gravar uma reunião interna do PSL.