Deputado revela descaso da UEA com obra abandonada em Apuí

A obra inacabada que abrigaria a Universidade do Estado do Amazonas (UEA) no município de Apuí (Sul do Amazonas), foi apontada na sessão, dessa terça-feira (20), pelo deputado Luiz Castro (Rede) como exemplo do desmando administrativo e da falta de compromisso com os estudantes do interior do Estado. Contratada pelo Governo do Estado no valor de R$ 5,098 milhões, a obra iniciou em 2016 e deveria ter sido entregue em novembro de 2017, mas permanece abandonada.

“Gostaria que a UEA se posicionasse sobre essa negligência, mas como não o fez até agora, vamos entrar com denúncia no Tribunal de Contas do Estado, para que o órgão verifique a situação e tome as providências necessárias”, afirmou Luiz Castro.

Pelo telão do plenário da Assembleia Legislativa, Luiz Castro mostrou o estado de abandono do Núcleo de Estudos Superiores da UEA em Apuí, com as salas, laboratórios, bibliotecas e refeitórios com paredes deterioradas. A área externa está tomada pelo mato, parte do muro desabou e não há vigilantes no local.

O deputado lamentou ainda que o reitor Cleinaldo Costa não responda aos pedidos de informação encaminhados à instituição pela Assembleia Legislativa, demonstrando desrespeito ao Poder Legislativo.

A expectativa, segundo Luiz Castro, é que o TCE averigue o caso e que aponte uma alternativa para que a obra seja acabada e entregue aos estudantes de Apuí.