Anúncio

Deputado volta a cobrar do Governo recuperação da estrada AM-010

Após o trágico acidente ocorrido nesse domingo (10), entre um táxi e um micro ônibus que resultou na morte de três pessoas, o deputado José Ricardo Lula (PT) voltou a cobrar do Governo do Estado o trabalho de recuperação e manutenção efetiva da estrada AM-010, que liga Manaus a Itacoatiara (a 270 km da capital). O pronunciamento foi feito nessa terça-feira (12), na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam).

“Um acidente trágico que nos faz refletir sobre as estradas estaduais. Não há manutenção efetiva, não tem sinalização e nem acostamento e a buraqueira aparece ao longo dos trechos. Situação antiga. Prejuízo aos municípios que são interligados a essa rodovia, à população, aos negócios, ao turismo e à economia regional. O Estado tem poucas estradas e o que percebemos é que o Governo não faz uma manutenção periódica delas”, afirmou

Ainda segundo ele, o que se vê é apenas operações tapa-buracos, algo temporário, e não serviços de recuperação em definitivo. “Já denunciei a situação dessa estrada e também das outras, mas, até hoje, nada foi feito definitivamente. Vou continuar insistindo nessa cobrança”, declarou José Ricardo Lula.

O deputado também já cobrou na tribuna da Casa Legislativa a recuperação da estrada AM-352, no município de Novo Airão (a 115 km de Manaus). “É lastimável a situação dessa estrada. Uma buraqueira total. Situação perigosa para quem trafega tanto de dia quanto de noite”, denunciou ele, na época, ressaltando ainda é que há um abandono total de vias fundamentais para a economia e o turismo.

Entenda o caso

No último domingo, um acidente entre um táxi e um micro ônibus, no km 102 dessa estrada, ainda no município de Rio Preto da Eva, resultou em três vítimas fatais, todas membros da família do vereador de Itacoatiara, Bosco Rodrigues, presidente da Câmara Municipal. Testemunhas relataram que o ônibus foi desviar de um buraco, entrando na contramão e atingindo o carro que ia no sentido Manaus-Itacoatiara.

Com informações da assessoria do deputado