Deputados estaduais cobram a compra da vacina dos Governos Federal e Estadual para imunizar amazonenses

Foto: divulgação

Durante sessão realizada na manhã dessa quarta-feira (14), os deputados estaduais cobraram dos Governos Federal e Estadual a compra das vacinas para a imunização da população amazonense.

O deputado Serafim Corrêa (PSB) declarou que a questão da vacina continua sendo a mais relevante no Brasil e falou sobre notícia veiculada na imprensa.

“Hoje os jornais divulgam que o presidente da empresa farmacêutica Pfizer, veio ao Brasil nove meses atrás para vender 70 milhões de doses e levou um ‘chá de cadeira’ de 10 horas no gabinete do presidente. O Governo Brasileiro brincou com o assunto.”, denunciou.

Sobre a possibilidade de compra privada das vacinas por empresas, o parlamentar estadual afirmou causar perplexidade.

“Os laboratórios não vendem para empresas, só para governos. Se as empresas não podem comprar, por que estão se dispondo a comprar e aplicar em seus funcionários?”, questionou.

Falando sobre o mesmo assunto, o deputado Wilker Barreto (Podemos) pediu ao Governo do Estado e às prefeituras que intensifiquem a vacinação e apelou à população para não deixar de tomar a segunda dose da vacina. O parlamentar também falou sobre a falta de insumos para o tratamento, como o kit de intubação e remédios.

“Precisamos que a Secretaria de Estado de Saúde novamente sente à mesa e coloque o plano de ação para mitigação dos efeitos da terceira onda de Covid. Infelizmente estou convicto da chegada da terceira onda”, afirmou.

A saúde pública também foi abordada pelo deputado Dermilson Chagas (Podemos) que subiu à tribuna para pedir que o relatório da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Aleam, que investigou desvios na Saúde estadual seja entregue aos senadores membros da CPI do Senado.

“A omissão fez com que a Covid levasse muitas pessoas, estamos chegando aos 12 mil mortos. Devemos correr com essa CPI porque a terceira onda já está chegando”, alertou.

(*) Com informações da assessoria