Deputados mostram imagens do governador desobedecendo decisão do TJAM e usando avião pago com dinheiro público (ver vídeo)

Os deputados Dermilson Chagas e Wilker Barreto (ambos do Podemos) levaram ao conhecimento de seus colegas de Parlamento estadual, durante a sessão plenária realizada nesta quinta-feira (25), na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), imagens do governador Wilson Lima (PSC) chegando no angar onde fica o avião da empresa Rico Taxi Aéreo, usado pelo Governo do Amazonas. O jatinho foi objeto de um contrato de aluguel de R$ 9,3 milhões (Pregão Eletrônico nº 1032/2020), para uso do governador e de seu gabinete em viagens interestaduais, nacionais e até mesmo internacionais. Uma decisão judicial determinou a suspensão do contrato milionário por considerar um gasto supérfluo em tempos de pandemia onde esse dinheiro poderia estar sendo usado na saúde pública para salvar vidas.

As notícias extra-oficiais que circulam é que Wilson Lima estaria rotineiramente usando a aeronave para fins particulares, assim como membros do seu governo, e diante da suspensão do contrato determinada pelo Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas, ele iria pagar o uso do jatinho atraves dos irregulares processos indenizatórios, defenestrados pela CPI da Saúde instalada na Assembleia Legislativa que comprovou que essa forma de pagamento é usada para fazer pagamentos sem qualquer processo legal e desviar dinheiro público.

“Esse é um governo que não tem pudor, não tem limites. Ele continua cometendo todo tipo de ilegalidade e essa Casa parece perdoá-lo quando não age em favor da sociedade e não julga o impeachment dele. É um gesto de altivez que podemos dar em memória das pessoas que já se foram pela irresponsabilidade e pela negligência. Ele não esconde. Não tem medo”, afirmou Dermilson Chagas pedindo que uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) seja iniciada para julgar possíveis crimes cometidos pelo Executivo estadual.

Ainda segundo Chagas, o governador foi de jatinho para São Paulo antes de ir para Brasília. “Quando é a noite ele vai tirar foto perto de um avião para dizer que chegou a vacina”, disse o parlamentar sobre uma publicação feita por Wilson em suas redes sociais, na madrugada desta quinta-feira, recebendo 78 mil doses da AstraZeneca, enviadas pelo Ministério da Saúde, no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes.

O deputado Wilker Barreto (Podemos) também fez coro com seu companheiro de Podemos e lembrou que o aluguel do jatinho pelo governador, que chega a pagar R$ 200 mil por uma viagem, ida e volta, daria para pagar quatro operações cardíacas em hospital particular. “Mas isso não interessa pra ele, não é mesmo”, arrematou Wilker.

“Essas imagens e o plano de voo materializam um sociopata. Os órgãos de controle recomendam a não utilização do jato e o governador faz o uso. Será que ele não está sujeito à Lei? Temos um fora da Lei no governo?”, questionou Wilker Barreto.

Requerimento

Na última quarta-feira, dia 24, a Aleam aprovou um requerimento de autoria dos deputados Dermilson Chagas e Wilker Barreto, ambos do Podemos, além do deputado Delegado Péricle (PSL), solicitando informações da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e Secretaria de Estado da Casa Militar sobre o uso de um jatinho para viagens do governador.

Os parlamentares querem provar mais um dos muitos atos de improbidade praticados pelo governador Wilson Lima que, contrariando decisão do TJAM que suspendeu contrato milionário de aluguel da aeronave, continua usando o jatinho pago com dinheiro público para fins particulares.

Confira o vídeo divulgado na sessão plenária: