Deputados norte-americanos debatem impeachment de Trump

A Câmara dos Representantes dos Estados Unidos se reunirá hoje (18) para debater o impeachment do presidente Donald Trump. É a terceira vez que isto ocorre na história americana. O Partido Democrata está citando dois artigos constitucionais de  impeachment acusando o presidente Trump de abuso de poder e obstrução do Congresso.

Em sentido oposto, os republicanos estão tentando bloquear o processo de impeachment. Os democratas afirmam que Trump cometeu crimes e contravenções pressionando a Ucrânia a divulgar dados comprometedores sobre os rivais democratas para ajudar sua campanha de reeleição. Em resposta, os republicanos argumentam que a maioria dos democratas estava envolvida em uma “caça às a bruxas” contra um presidente que temem não poder derrotar.

Em uma carta na terça-feira (18), a presidente da Câmara, Nancy Pelosi, convidou todos os membros democratas a estarem presentes hoje na Casa, para debater os artigos constitucionais no que ela chamou de “momento de oração na história de nossa nação”.

Na véspera da votação decisiva que poderá deixar Donald Trump no caminho da impugnação, o presidente Trump enviou carta a Nancy Pelosi, presidente da Câmara dos Representantes, na qual acusa os democratas no Congresso de terem declarado “guerra contra a democracia”.

“Escrevo esta carta à senhora [Nancy Pelosi], para que fique na história e para registar permanentemente os meus pensamentos. Daqui a 100 anos, quando as pessoas olharem para este caso, quero que o percebam e que aprendam com ele, para que nunca mais aconteça com outro presidente”, explicou Donald Trump.Ao longo de seis páginas carregadas de críticas e acusações, o presidente Trump escreve que os responsáveis pelo processo de impeachment violaram os seus juramentos, quebraram a lealdade para com a Constituição e usaram de forma leviana o termo “destituição”, palavra que considera “muito feia”.

Com informações da Agência Brasil