Deputados voltam a questionar composição da CPI da Saúde

Pelo segundo dia consecutivo, na sessão virtual da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) desta quarta-feira (27), os deputados voltaram a questionar e se mostrar novamente contrários a composição da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde, intitulada de CPI da Pandemia, designada pelo presidente da Aleam, Josué Neto (PRTB), na última segunda-feira (25).

Atualmente, a CPI é composta pelos deputados Serafim Corrêa (PSB), Wilker Barreto (Podemos), Dr. Gomes (PSC), Delegado Péricles (PSL) e Fausto Júnior (PRTB), sendo estes dois últimos escolhidos como presidente e relator, respectivamente.

O deputado Felipe Souza (Patriota) protocolou requerimento à Mesa Diretora da Aleam pedindo que seja feita nova análise na composição da CPI. O requerimento está assinado pelos deputados Belarmino Lins (Progressista), Saullo Vianna (PTB), João Luiz (Republicanos), Mayara Pinheiro (Progressista), Joana Darc (PL), Álvaro Campêlo (Progressista), Alessandra Campêlo (MDB), Roberto Cidade (PV) e Carlinhos Bessa (PV).

O parlamentar, que foi a oitava assinatura do pedido de CPI e que já havia sido escolhido como membro na segunda composição definida por Josué Neto, aponta irregularidades em relação ao desempate dos indicados dos líderes partidários, o que fez com que ele fosse excluído da nova formação de membros.

“Eu assinei a CPI, mas nem faço mais questão de participar, só quero agora que seja feito do jeito certo”, desabafou Felipe Souza.

Na ocasião, a vice-presidente da Casa, deputada Alessandra Campêlo saiu em defesa do deputado Felipe Souza, afirmando que a Aleam tem tido divergências em relação a interpretação do Regimento Interno. “Temos tido problemas graves de interpretação (do Regimento interno) que têm nos levado as ilegalidades”, afirmou Alessandra.

Também discordando da composição da CPI e criticando o fato de não haver nenhum deputado do seu partido como membro, o deputado Belarmino Lins, assim como Felipe Souza, ingressou com um requerimento pedindo nova análise na designação dos deputados para a comissão.

“Quero ter certeza de que vossa excelência não tenha sido gestor desta manobra de afastar deputados do Progressista da CPI, como a deputada Mayara que é presidente da Comissão de Saúde”, questionou Belarmino, sugerindo, ainda, uma reunião com os demais parlamentares.

Em resposta às críticas, Josué Neto afirmou que a designação dos membros da CPI é competência do presidente da Aleam, a partir da indicação dos líderes partidários. “É uma questão de competência. Essa competência cabe ao presidente da Casa. O Regimento Interno prevê que existe indicação de líderes partidários e, a partir disso, o presidente escolhe”.

Josué Neto afirmou que o requerimento protocolado pelo deputado Felipe Souza será encaminhado à Procuradoria da Casa para que seja analisado juridicamente. Além disso, o presidente da Casa atendeu ao pedido do deputado Belarmino Lins e afirmou que deverá ser feita uma reunião, ainda sem data definida, com o colegiado de líderes para esclarecimentos.