Desafios das populações indígenas serão debatidos em evento on-line

Foto: Reprodução/Internet

O evento on-line “Amazônia agora: Perspectiva em uma região em crise”, organizado pela Harvard University, Florida State University e University of California discutirá, no período de 16 e 19 de novembro, os desafios das comunidades tradicionais indígenas. A transmissão do evento será realizada através da plataforma Zoom e contará com a presença de acadêmicos, pesquisadores da Amazônia, líderes indígenas, movimentos sociais da Amazônia e outros especialistas da região.

O professor doutor da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Pedro Rapozo, será conferencista no evento, que é gratuito e aberto ao público. No entanto, é necessária inscrição para comparecimento à exibição e / ou palestras, que terá tradução em inglês, espanhol e português.

A participação do docente da UEA será no dia 18 de novembro, às 16h (horário Brasília), durante o webinar “Novas Epistemologias: A mobilização Política e Étnica das Populações Indígenas da Amazônia”, que terá como moderador o professor Diego Mejia, da Universidade Estadual da flórida e Enrique Leff, da Universidade Nacional Autônoma do México.

A iniciativa tem como objetivo oferecer um espaço para refletir sobre os desafios da região, incluindo o desenvolvimento, conflito de terras e violência, catástrofe ambiental, desmatamento, mineração, incêndios e questões governamentais. Ao longo do evento, os participantes serão convidados a trocar experiências que busquem alternativas ao desenvolvimento convencional. Também será uma chance de pensar sobre o futuro da região amazônica e os possíveis impactos após o resultado das eleições nos Estados Unidos.

As discussões serão realizadas em um ambiente colaborativo, aberto e amigável e proporcionarão uma rica oportunidade para líderes indígenas, ambientalistas, políticos, artistas e acadêmicos fazerem conexões e repensarem os legados, demandas e perspectivas para os diversos grupos e setores que moldam a Amazônia.

(*) Informações da assessoria