Detento é asfixiado pelo companheiro de cela em presídio de Manaus

Foto: reprodução internet

O detento Matheus Alves dos Santos, de 25 anos, foi assassinado por um companheiro de cela na madrugada desta segunda-feira (1°). O homicídio aconteceu por volta das 0h, quando o interno de 28 anos, enrolou um lençol no pescoço da vítima e o sufocou até a morte, no Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM 2), na rodovia federal BR 174.

De acordo com informações de investigadores da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), o autor alegou que estava sofrendo ameaças de Matheus desde a manhã de domingo (28), e para se defender, esperou o colega de cela dormir e o estrangulou com o lençol.

Além do autor, a polícia interrogou outros detentos que cumprem pena na mesma cela e, contribuíram com depoimentos sobre o que aconteceu com Matheus, que cumpria pena por homicídio.

O corpo de Matheus foi removido para o Instituto Médico Legal (IML). Já o suspeito foi encaminhado à DEHS, depois foi levado para audiência de custódia, por fim retornou ao CDPM 2.

Por nota, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informou que está atuando junto à Especializada para elucidar o crime.

Confira a nota

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informa que irá apurar as circunstâncias da morte do interno Matheus Alves dos Santos, de 25 anos, na noite desse domingo (28/02), no Centro de Detenção Provisório Masculino 2 (CDPM 2).

Agentes de ressocialização foram chamados e encontraram o interno inconsciente dentro da cela. O Servido de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi até o local e confirmou o óbito.

O interno cumpria pena por homicídio desde 2019. Os companheiros de cela foram ouvidos por policiais civis da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) e, durante o depoimento, um preso assumiu a autoria do crime.