Detido por manter esposa e filhos reféns, ‘Isaac Doido’ tem prisão preventiva decretada pela Justiça

A análise da prisão em flagrante foi realizada no início da noite desta terça pelo Juízo Plantonista da Audiência de Custódia

Foto: Raphael Alves |TJAM

Isaac de Souza Martins, vulgo ‘Isaac Doido’ teve a prisão decretada na  noite desta terça-feira (18),  após realização da audiência de custódia por videoconferência. Ele foi detido em flagrante após manter em cárcere privado sua mulher e os dois filhos por mais de 12 horas, dentro do kitnete onde moram na manhã da última segunda-feira (17), no bairro do Mutirão, zona Norte de Manaus.

Após horas de negociação para tentar liberar  Rosana Almeida Fonseca, de 40 anos e o casal de filhos, Isaac foi detido e encaminhado para o Centro de Triagem. Devido o histórico do suspeito, que já possui passagem na polícia por violência doméstica e homicídio o juiz Michael Matos de Araújo, da Central de Plantão Criminal do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), converteu a prisão em flagrante de Isaac de Souza Martins em prisão preventiva.

Isaac é acusado de manter em cárcere privado a sua companheira Rosana e os filhos de 7 e 8 aninhos (art. 148, 1.º, I e IV, do Código Penal, combinado com o art. 7º, I e II da Lei Maria da Penha). Ele foi flagrado pela polícia que passou mais de 12 horas: das 21h30 do domingo (16), até 13h30 da segunda-feira (17), aproximadamente.

A decisão do magistrado está nos autos n.º 0604568-53.2022.8.04.0001. Isaac de Souza Martins foi assistido durante a audiência de custódia pela advogada Denise Moura Macedo da Silva. O Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE/AM) foi representado pelo promotor de Justiça Valber Diniz da Silva.