Deyverson está próximo de retornar ao futebol espanhol

© Fornecido por Bolavip

O Palmeiras voltou a apresentar um futebol pífio e pragmático no empate por 1 a 1 contra o Fluminense, na última quarta-feira (12), no Maracanã. A torcida voltou a criticar fortemente o time, clamando por um futebol mais convincente, embora tenha conquistado o título do Campeonato Paulista no último sábado (8), nos pênaltis, em cima do seu maior rival. O Alviverde terá uma nova chance de mostrar um bom futebol neste sábado (15), contra o Goiás, as 21h30, no Allianz Parque. 

Porém, na noite da última quinta-feira (13), a diretoria palmeirense pareceu caminhar em direção a uma boa notícia aos palmeirenses:  fora dos planos de Luxemburgo, Deyverson deve ser negociado por empréstimo, novamente para o futebol espanhol. O Alavés demonstrou interesse em contar com o futebol do camisa 16 e as partes envolvidas nas tratavas podem fechar negócio nas próximas horas. A negociação avançou consideravelmente ao longo dessa semana. A informação é do repórter Thiago Ferri, do Uol Esporte.

Vale lembrar que quando o Palmeiras contratou o atacante em 2017 a pedido do ex-técnico Cuca, o Verdão precisou desembolsar quase R$ 20 milhões justamente para o próprio Alavés para repatriar o jogador. Caso o negócio se confirme, o camisa 16 voltará à Espanha após uma curta passagem pelo Getafe. O autor do gol do título de 2018 pelo Palestra sempre deixou claro que gostaria de voltar a atuar no futebol espanhol.

Autor de 25 gols em 104 jogos pelo Palmeiras, o jogador tem contrato com o Verdão até o fim de 2022. O Alviverde tenta de qualquer forma vender o atacante para recuperar pelo menos uma parte do valor que foi investido em sua contratação. Quando emprestou o camisa 16 ao Getafe, o time espanhol teria de comprá-lo por 6 milhões de euros (R$ 27 milhões na cotação quando houve o acordo). A pandemia pelo coronavírus, porém, atrapalhou os planos.

Após resolver essa questão, Anderson Barros terá que definir o que fazer com o lateral-direito Fabiano e o meio-campista Guerra. A dupla, que também está fora dos planos de Vanderlei Luxemburgo, vem treinando em horário separado à espera de uma definição do clube.