Dia do Consumidor: economistas dão dicas para consumo consciente

A iniciativa é uma forma de contribuir com a sociedade e incentivar o consumo responsável

Uma série de vídeos com dicas para reduzir gastos no supermercado, nas contas de água, energia, em casa e nas compras on-line serão lançados pelos economistas do Conselho Regional de Economia (Corecon-AM), nesta terça-feira (15), em comemoração ao Dia do Consumidor.

A série conta com dicas e orientações sobre juros, cuidados e compras a prazo, entre outras formas de tornar o consumo consciente. Os vídeos estão nas plataformas das redes sociais Facebook, Instagram e YouTube do conselho.

De acordo o presidente do Corecon-AM, Marcus Evangelista, a iniciativa é uma forma de contribuir com a sociedade e fomentar o consumo responsável. Ele considera que, quando o assunto é economia doméstica, todo centavo conta. “Qualquer economia, por menor que seja, é importante, principalmente neste momento delicado pelo qual passa a economia brasileira, afirmou. Na série, Marcus fala sobre a economia doméstica.

A série contém ainda vídeos que tratam sobre a ‘Redução de gastos nas contas de água e energia’ feito pelo economista Márcio Paixão; ‘Dicas de compras no supermercado’ feito pela professora e doutora Michele Lins Aracaty; ‘Dicas para compras à prazo, cuidados com juros, cheque especial e cartão de crédito’ feito por José Altamir e ‘Dicas e cuidados nas compras on-line’ com Judah Torres.

A professora Michele Aracaty disse que economizar no supermercado passou a ser uma necessidade. No vídeo, ela traz alguns alertas e diz que é importante ler rótulos, observar os prazos de validades dos produtos, comparar as marcas, experimentar novos produtos, considerar comprar no atacado, ter cuidados com promoções, entre outros “truques”.

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estática (IBGE), uma família brasileira costuma gastar, em média, cerca de 40% até 50% do salário com compras de mercado.

Dia do Consumidor

A data de 15 de março é considerada o dia dos direitos do consumidor há pelo menos cinco décadas. O embrião do que hoje é o Dia do Consumidor foi um discurso do presidente americano John Kennedy, há 60 anos, exaltando as virtudes de uma relação justa entre empresas e seus consumidores.

No Brasil, a discussão sobre direitos do consumidor no dia de 15 de março ganha relevância nos anos 90, com a entrada em vigor do Código de Defesa do Consumidor, de 1990, legislação pioneira no país com orientações para consumidores que eventualmente se sentiram lesados numa relação comercial.

A partir desta lei, estados e municípios tiveram amparo legal para criar órgãos dedicados às reclamações de consumidores – os famosos Procons atualmente espalhados pelas principais cidades do país.

(*) Com informações da assessoria