Dia do Professor é comemorado em evento online promovido pela Prefeitura de Manaus

Foto: Eliton Santos / Semed

A Prefeitura de Manaus realizou nessa quinta-feira (15), uma live em homenagem ao Dia do Professor. As apresentações  foram transmitidas pelo canal parceiro Eduinovam. O evento contou com a participação do músico Celdo Braga, e também com o projeto “Elas Cantam Samba”, das cantoras Cinara Nery, Lucilene Castro, Márcia Siqueira e Fátima Silva.

O prefeito Arthur Virgílio Neto, por meio de um vídeo mandou uma mensagem aos pedagogos e disse que tem plenamente confiança na capacidade dos educadores da rede municipal, porque desempenham o papel com paixão. “Nessa fase de pandemia, vocês se agigantaram, usaram as tecnologias e se comunicaram com os alunos. Meus parabéns por esse dia tão bonito, dessa categoria que eu admiro tanto. O professor ou é apaixonado ou não vai ser professor. Então, é para essa gente apaixonada que eu estou dirigindo esse carinho, esse afeto e esse beijo fraternal”, disse o prefeito.

Também por meio de mensagem gravada, a secretária municipal de Educação, Kátia Schweickardt, reforçou que, mesmo no período de pandemia, os mais de 12 mil professores da rede municipal de ensino mostraram grande comprometimento com a ação docente, com o fazer educacional que está além do papel instrucional. “Sabíamos que educação era muito mais. A pandemia revelou professores criativos e dispostos a aprender com seus alunos. Em nome da rede municipal e dos nossos mais de 242 mil alunos, agradeço a todos vocês, professoras e professores da Semed. Feliz nosso dia”, afirmou secretária.

O músico Celdo Braga, que é professor e trabalha com educação há 51 anos, ressaltou a parceria com a Prefeitura de Manaus. “Sempre sou convidado para participar dessas atividades ou me chamam para receber homenagem. É natural, porque meu trabalho sempre esteve ligado à educação e ao Amazonas. Sinto-me feliz em participar dessa homenagem aos professores”, disse.

Para a cantora Lucilene Castro, participar dessa homenagem aos educadores é um prazer imenso, porque independentemente da profissão, todos nós tivemos grandes mestres. “O professor é a base para chegar onde qualquer um almeja. Ficamos lisonjeadas com esse convite e esperamos ter feito uma apresentação à altura da relevância que esses profissionais têm para a sociedade”, completou.

Professores

A professora Renata Alcântara há 12 anos, leciona na escola municipal Professor Sebastião Augusto Loureiro Filho, conta que gostou do evento, e foi ótima a intenção de homenagear os professores com música boa e de qualidade. “Eu amo trabalhar com música em sala de aula e acredito que a música é uma linguagem universal de fácil entendimento. Parabéns a todos os envolvidos na live. Agradeço em nome da minha escola”, declarou Alcântra.

Elizeu Palmeira, que está há 14 anos na rede municipal e ministra na escola municipal Professora Joana Vieira, na AM-010, zona rural também acompanhou a live e disse que foi um evento de muita qualidade. “Vi no evento um incentivo aos professores. Também gostei muito da fala do prefeito, que falou da paixão de ensinar, da mensagem da secretária, do poema do cantor Celdo Braga e de todos que enfatizaram os desafios da profissão”, afirmou.

Palestra on-line

Também em comemoração ao Dia do Professor, a secretária de Educação, Kátia Schweickardt, foi convidada pela coordenação do Curso de Pedagogia do Centro Universitário do Norte (Uninorte), para palestrar sobre o tema “O ser Professor na Contemporaneidade”. O evento on-line foi realizado na noite de quarta-feira, 14/10, por meio da plataforma Blackboard, utilizada pela instituição de ensino.

“Agradeço bastante ao convite do Uninorte para falar um pouco da minha experiência como educadora e gestora da Semed nos últimos seis anos. Quando trabalhamos com o que gostamos, vira festa, mesmo diante da pandemia. Professor que é professor se dispõe a compartilhar conhecimento, não apenas conteúdos”, disse Kátia.

Participaram do encontro mais de 300 pessoas entre educadores e estudantes. Durante aproximadamente uma hora e 30 minutos, a secretária de Educação compartilhou exemplos de evolução na educação e a forma que é utilizada na Semed, como: modelo disciplinar e instrucionista, que é aquela sala de aula com uma cadeira atrás da outra e o professor na frente ministrando conteúdo.

(*) Informações Assessoria