Dia do Trabalhador na Aleam: lideranças acreditam em perdas de conquistas com o que chamam de “golpe do impeachament”

Dia do trabalhador capa

Em Sessão Especial em homenagem aos trabalhadores, realizada hoje na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas, o deputado estadual José Ricardo Wendling (PT) afirmou que é uma data de grande reflexão, principalmente, pelo atual cenário político-econômico em que vem passando País, repercussão da crise mundial. O deputado, autor da solenidade juntamente com a deputada Alessandra Campêlo (PMDB), salientou que, infelizmente, ao invés de fortalecer o Brasil para superar os impactos deste momento, a maioria os parlamentares do Congresso Nacional vem aproveitando para aplicar um golpe contra a democracia brasileira.

“Muitos trabalhadores entregaram suas vidas em prol dos direitos trabalhistas que temos hoje, mas atualmente, o que vemos são os golpistas sinalizando uma política de perda destas conquistas como a terceirização, diminuição do salário mínimo, caso, o impeachment da presidente Dilma aconteça”, disse ele. O deputado ressaltou que o aumento de 9% do ‘Bolsa Família’, por exemplo, foi reprovada pela classe alta, os empresários e seus representantes nos parlamentos.

O representante da Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB), Ademir Caetano também frisou que as lutas travadas antigamente pelos trabalhadores não são diferentes, pois ainda há bastante resistência a categoria. “Sabemos reconhecer que, se o governo do PT não foi “o governo dos sonhos”, ele foi o governo em que nós conseguimos usufruir de vários avanços, como a casa própria, o ingresso do pobre em faculdade, o aumento do poder aquisitivo das famílias de baixa renda”, acentuou, afirmando que por essa razão não podem admitir retrocessos.

Dentre os participantes da homenagem estão: CTB, Central Única dos Trabalhadores (CUT), Juventude do PT (JPT), Movimento Nacional de Luta por Moradia (MNLM), União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES), União Municipal dos Estudantes Secundaristas (UMES/Manaus), União da Juventude Socialista (UJS), Sindicato da Indústria de Material Plástico, Transformação e Reciclagem de Material Plástico (Sindiplast), Movimento Fé e Política, Pastoral Operária, Comissão dos Concursados da Susam, Secretaria de Estado do Trabalho (Setrab).