Disco com ópera-rock dos Titãs tem cordas orquestradas por Jaques Morelenbaum

O grupo paulistano Titãs aproveitou a vinda à cidade do Rio de Janeiro (RJ) na semana passada, para apresentação do show Uma noite no teatro em palco carioca, para dar continuidade à gravação do álbum que lançará neste ano de 2018 – disco que começou a ser efetivamente formatado no último trimestre de 2017. Trata-se do álbum de músicas inéditas que registra a trilha sonora da ópera-rock criada pelos integrantes da banda com com os dramaturgos Hugo Possolo e Marcelo Rubens Paiva.

Na recente sessão de estúdio, o produtor Rafael Ramos gravou as cordas orquestradas pelo maestro e violoncelista Jaques Morelenbaum. Na foto acima, tirada no estúdio carioca Tambor, Rafael (à frente, de barba) aparece com Morelenbaum (no alto, à esquerda) e com Sergio Britto (de boné) e Tony Bellotto, dois dos três titãs remanescentes da formação clássica da banda formada no alvorecer da década de 1980.

O repertório da ópera-rock dos Titãs inclui as músicas 12 flores amarelas (Branco Mello, Sergio Britto, Tony Bellotto e Beto Lee), A festa (Sergio Britto e Branco Mello) e Me estuprem (Sergio Britto e Tony Bellotto), as três já apresentadas pelo grupo desde 2017 em shows feitos pelo Brasil.

Fonte: G1