Disk-129 da Defensoria Pública registra mais de 3 mil agendamentos em um mês

O novo modelo de atendimento da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) registrou 3.336 agendamentos para as unidades dos Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC) do Alvorada e do Shopping Via Norte via Disk-129, no período de 13 de março a 13 de abril deste ano. O serviço, que chegará a todas as unidades da DPE-AM gradativamente, começou a ser implantado pelo PAC do Alvorada no ano passado e foi estendido ao PAC do Via Norte em março deste ano, registrando 2.486 agendamentos no primeiro mês de atividade somente nesta unidade.

Com o novo sistema, a Defensoria Pública pretende zerar as filas nos locais de atendimento. Mas é importante salientar que o serviço está disponível das 8h às 14h, de segunda à sexta-feira. Não há atendimento pelo Disk-129 à tarde e nos fins de semana e feriados.

A dona de casa Renata Prestes, 29, agendou para ser atendida no Via Norte, o que de fato aconteceu no horário marcado, às 9h. “Gostei, porque a gente ganha tempo e eu recomendo o serviço do 129”, disse ela, que está com ação em busca de pensão alimentícia.

Já Alessandra Mendes, 37, foi atendida 10 minutos antes do horário marcado para as 10h. Em processo de divórcio, Alessandra, que trabalha como atendente, disse ter gostado de poder marcar o atendimento sem precisar ficar em fila e de ser atendida no horário.

Sara Jane Garcia Alves, 18, outra que busca pensão alimentícia para a filha bebê, elogiou o atendimento dizendo que todas as mulheres na mesma situação podem dar entrada no pedido pela Defensoria Pública. “O atendimento foi no dia e horário marcado”, disse.

Além de agendar o atendimento para as unidades dos PAC do Alvorada e do Via Norte, o serviço telefônico do Disk-129 está à disposição da população para encaminhamentos e informações, tirando dúvidas sobre os serviços da Defensoria, locais de atendimento e documentos que são necessários para os diversos tipos de ação.

No último mês foram registrados 1.184 encaminhamentos, além de 560 pedidos de informação.

Para a defensora pública Heloísa Canto, que atua na unidade da DPE no PAC Via Norte, a implantação do novo modelo de atendimento acabou com as filas de espera por senhas, um procedimento desgastante para o assistido, e ainda proporcionou melhorias para a estrutura e organização da unidade. “Com o novo modelo, o assistido comparece para atendimento na hora agendada, o que o deixa mais satisfeito com o serviço prestado”, afirmou.

Diretoria de Comunicação – Defensoria Pública do Estado do Amazonas