Dois dias após cirurgia, Tiger Woods é transferido de hospital em Los Angeles

Getty Images

O golfista americano Tiger Woods foi transferido do hospital Harbor-UCLA Medical Center para o Cedars-Sinai Medical Center, em Los Angeles, na noite de quinta-feira, após sofrer grave acidente de carro na última terça. A informação da transferência foi divulgada em um comunicado oficial publicado pelo Harbor-UCLA Medical Center.

De acordo com o diretor médico do hospital, Anish Mahajan, Tiger Woods foi transferido “para continuar o tratamento ortopédico e a recuperação”. Os hospitais ficam a cerca de 33 km um do outro.

Na última terça-feira, Mahajan informou que as fraturas na perna e no tornozelo direitos de Woods tiveram que ser estabilizadas com a inserção de hastes e uma combinação de parafusos e pregos. O golfista passou por uma longa cirurgia por conta das lesões. O atleta sofreu fraturas expostas na parte superior e inferior da tíbia e fíbula e lesões adicionais nos ossos do pé e tornozelo.

Segundo as autoridades, o carro de Tiger Woods bateu em um canteiro central, atravessou duas pistas na direção contrária, capotou várias vezes e acabou de lado em uma ribanceira. A superestrela do golfe teve que ser retirada de dentro do carro pelo para-brisa, mas estava consciente e chegou a falar com os bombeiros. Uma ambulância o levou até o hospital, onde foi submetido a uma cirurgia.

Os airbags dispararam e o interior do carro permaneceu basicamente intacto, o que, segundo o policial Villanueva, “salvou a sua vida”. A frente do veículo ficou destruída. A estrada de duas pistas utilizada por Woods tem curvas através dos subúrbios de luxo de Los Angeles e o lado norte no qual o golfista estava dirigindo desce abruptamente o suficiente para que os sinais avisem os caminhões para usar marchas mais baixas. O limite de velocidade é de 70 quilômetros por hora.

Tiger Woods esteve em Los Angeles no último final de semana como anfitrião do torneio no Riviera Country Club, onde entregou o troféu ao vencedor no domingo. Ele deveria passar a segunda e a terça-feira filmando com a Discovery GOLFTV, com quem tem contrato.

O golfista vinha se recuperando de uma cirurgia nas costas realizada em 23 de dezembro. Foi sua quinta cirurgia no local e a primeira desde que sua coluna vertebral foi fundida em abril de 2017, o que lhe permitiu encenar um retorno notável em 2019. Ele é destaque do golfe desde 1997, quando tinha 21 anos.