Anúncio

Domingo é dia de FUA e de homenagem às mulheres

Maio é das mulheres e para celebrar a data, a primeira edição do mês da Feira Urbana de Alternativas (FUA) promoveu atrações musicais, esportivas e educativas nesse domingo (4). O evento aconteceu até às 17h e contou com mais de 50 expositores, com feira criativa, gastronomia, workshops, oficinas, palestras e exposições de arte e reaproveitamento de resíduos.

O evento integra a programação do Fundo Manaus Solidário, presidido pela primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro, que desenvolverá atividades ao longo do mês de março em homenagem às mulheres.

Nessa edição, a feira vai contar com a participação do grupo de maracatu Baque Mulher Manaus, formado somente por mulheres batuqueiras, que se apresentarão no anfiteatro. O grupo foi fundado em fevereiro de 2016, a partir de um convite feito às batuqueiras do maracatu Eco da Sapopema, sendo um exemplo de resistência e força feminina. É o primeiro grupo de maracatu formado por mulheres da região Norte.

“Estamos preparando uma programação cheia de atividades que vão impulsionar a nossa qualidade de vida, num domingo pra lá de especial. Afinal, no mês de março é celebrado o Dia Internacional da Mulher, pelas suas conquistas sociais, políticas e econômicas ao longo dos anos, mas a luta continua e vamos dar voz a elas numa programação que vai contar com a participação de várias mulheres do meio artístico da nossa cidade”, disse a organizadora do evento, Laelia Nogueira.

A primeira edição do Fuá no Parque Municipal do Mindu aconteceu em fevereiro, com a visitação de, aproximadamente, 2 mil pessoas ao longo do dia de realização da feira. O Fuá é uma iniciativa da sociedade civil participativa, que busca fomentar a economia criativa, trabalhando os conceitos de sustentabilidade por meio da arte e da cultura.

De acordo com a organizadora, a ideia de trazer a feira para o Parque Municipal do Mindu foi a de agregar em quantidade e qualidade. “O Parque do Mindu é um ambiente natural, visitado pela população e com a feira é possível crescer em número de expositores e trabalhar a economia criativa com a finalidade socioeducativa”, afirmou Laelia.

O FUA este ano será realizada sempre no primeiro domingo de cada mês em dez edições na unidade de conservação, que fica localizada no bairro Parque 10 de Novembro, zona Centro-Sul.