Dono de Instituto de Pesquisa prevê o que vai acontecer no dia 05 de outubro, nas eleições para o Governo

O que foi prometido ao Radar pelo proprietário da empresa Perspectiva Tecnologia da Informação, Durango Duarte, de logo no início de setembro prever a quantas andaria a candidatura à reeleição do governador José Melo, foi cumprido nesta terça-feira (09). Em análise anterior feita ao Radar, Durango avaliou “que já era esperado Melo ter atingido 30% das intenções de voto já que é natural o crescimento para esses patamares de quem detém o poder sobre a máquina pública. Segundo Durango, historicamente, sempre quem esteve no Poder teve uma margem de 30 a 35% do eleitorado”. Mas, Durango explicou, que a reeleição do governador estava ficando cada vez mais difícil, diante da lentidão desse crescimento que já deveria ter atingido os 30% das intenções de voto, levando-se em conta o histórico de eleições anteriores, logo depois das convenções partidárias. “O governador deveria ter atingido esse crescimento em julho, ou seja, ele levou 60 dias para atingir tal índice”, analisou Durango há cerca de 10 dias.

Nessa entrevista ao Radar, Durango denominou de “mal sinal” o crescimento lento da candidatura de Melo e previu que , caso isso perdurasse até o início de setembro, corria o risco da candidatura do governador “trincar”, que é como os pesquisadores chamam a situação em que os próprias pessoas que apoiam o candidato passam a não acreditar mais em sua candidatura, desanimando porque notam a fragilidade do candidato, “e aí começam a não serem gerados novos votos, a campanha acaba quebrando de vez, sendo esvaziada”. Será que isso aconteceu? Durango é que responde. (Any Maragareth)