Dupla é presa por porte ilegal de arma após assalto a banco em Benjamin Constant

Foto: Divulgação

Dois homens de 19 e 23 anos foram presos por porte ilegal de arma de fogo após um assalto na agência bancária do município de Benjamin Constant (a 1119 quilômetros de Manaus). A ação foi coordenada pelas quipes da 2ª Companhia de Polícia Militar (CPM) e do 8º Batalhão de Polícia Militar (BPM).

Os policiais receberam denúncia, através do ‘Linha Direta’, relatando um assalto na agência do banco Bradesco na cidade. Segundo as informações repassadas, os infratores saíram correndo pela rua com a arma de fogo nas mãos, ameaçando populares, com o dinheiro na mochila, chegando a efetuar vários disparos.

As equipes foram informadas que um dos envolvidos teria fugido para o bairro da Colônia II e se escondido em uma área de mata próxima a um condomínio. Os policiais realizaram um cerco no lugar. O suspeito efetuou disparos na direção dos PMs, que agiram, atingindo o homem na perna esquerda.

O homem recebeu voz de prisão e com ele foram apreendidas uma quantia em dinheiro e também a arma de fogo usada para cometer o crime. O homem informou ser do município de Tabatinga e que teria saído recentemente do presídio local, dando também detalhes sobre o outro participante do crime. Ele foi conduzido para o hospital para receber atendimento médico.

De posse das informações, os policiais foram à residência do segundo homem no bairro Eduardo Braga. Ao perceber a presença dos policiais, o homem tentou fugir, mas foi capturado. Na ação, foram apreendidos um automóvel Gol, a quantia de R$ 16.944,00 e um revólver calibre 38 com duas munições intactas e duas deflagradas. Também foi encontrado um aparelho celular.

A dupla foi encaminhada para o 51° Distrito Integrado de Polícia (DIP) para finalizar o flagrante.

(*) Informações da assessoria