Durante inspeção, David Almeida garante inauguração de UBS porte 4, na zona Leste

UBS porte 4 é destinada e apta a abrigar, no mínimo, quatro equipes de Atenção Básica

Foto: divulgação

Em fase final de construção, a Unidade Básica de Saúde (UBS) Desembargador Fábio do Couto Valle, localizada na avenida Brigadeiro Hilário Gurjão, Jorge Teixeira, zona Leste da capital, será entregue à população manauara no final do mês de outubro. O anúncio foi feito pelo prefeito de Manaus, David Almeida, durante inspeção técnica na obra, realizada na manhã desta quinta-feira (26).

“Finalizamos essa inspeção com a equipe de engenharia responsável pela obra e a equipe da Semsa (Secretaria Municipal de Saúde) para podermos colocar para funcionar e à disposição da população uma Unidade de porte 4, que será o modelo adotado pela Prefeitura de Manaus a partir de agora. Nosso planejamento é realizar a inauguração no final do mês de outubro. Já nos próximos dias, essa UBS começará a ser equipada para melhor atender todos os moradores da redondeza”, enfatizou Almeida.

Segundo a Portaria nº 340 de 2013, do Ministério da Saúde, toda UBS porte 4 é destinada e apta a abrigar, no mínimo, quatro equipes de Atenção Básica, com profissionais como médicos (preferencialmente da especialidade Medicina de Família e Comunidade), enfermeiro (preferencialmente especialista em Saúde da Família), auxiliares ou técnicos de enfermagem, podendo contar com cirurgião-dentista (preferencialmente especialista em Saúde da família) e auxiliar ou técnico em saúde bucal.

De acordo com o chefe do Executivo municipal, o planejamento apresentado no programa de crescimento econômico e social “Mais Manaus” prevê a construção de outras 20 UBSs com a mesma estrutura até o final de 2024.

“O nosso planejamento é em quatro anos construir 20 unidades como essa. Estamos buscando e temos parte dos recursos. Estamos vendo os terrenos para que possamos iniciar a construção e sair de uma realidade daquelas ‘Casinhas’ de Saúde’ de 32 metros quadrados, para unidades porte 4, que são mini-hospitais de qualidade, para atender na saúde básica da cidade de Manaus”, finalizou.

(*) Informações da assessoria