Economia cresce 0,57% em julho, diz Banco Central

Em julho, a economia brasileira teve uma expansão de 0,57% em relação a junho, divulgou o Banco Central nesta segunda-feira (17).

O cálculo do BC é feito através do indicador IBC-Br (Índice de Atividade Econômica do Banco Central), e os dados são dessazonalizados, ou seja, retira-se os efeitos típicos de cada mês do número para possibilitar a comparação.

Após queda de 3,35% em maio, consequência do movimento caminhoneiro, o indicador se recuperou 3,34% em junho.

Os números do desempenho dos setores de serviço e comércio em julho, divulgados pelo IBGE na semana passada, frustraram a expectativa dos economistas, que projetaram alta para ambos.

O volume de serviços caiu 2,2% no mês passado na comparação com junho. Pesquisa da agência Reuters com analistas de mercado estimava alta de 0,4%.

Já o comércio registrou o terceiro mês seguido de queda com um recuo de 0,5% em julho, para uma projeção da Reuters de alta de 0,3%.

Segundo o IBGE, a produção industrial recuou 0,2% em julho.

A expectativa com os números de julho era grande porque este seria o primeiro mês de normalidade após os efeitos mais imediatos da paralisação de caminhoneiros.

Fonte: Folhapress.