Eduardo Braga assegura verba para combate à malária

O Amazonas deve receber, em 2018, recursos da ordem de quase R$ 5 milhões para o combate à malária em 30 municípios. Este ano, os números de casos da doença cresceram 70% com relação ao ano de 2016. De acordo com dados da Fundação de Vigilância em Saúde, até o último dia 17 de dezembro, foram registrados 83.451 casos em todo o Estado.

“Esses recursos serão utilizados para reestruturar a Rede de Vigilância Epidemiológica do interior de combate à malária e outras endemias, nos 30 municípios que estão sofrendo com grande incidência da doença. Mas já estamos trabalhando em parceria com o Ministério Saúde, por meio do Departamento de Vigilância Epidemiológica do Fundo Nacional de Saúde, para assegurar verbas para mais treze municípios amazonenses”, informou o senador Eduardo Braga, que, enquanto relator do Orçamento da União, destinou R$ 100 milhões para o setor da Saúde do AM.

Com os recursos do Ministério da Saúde serão adquiridos: 18 picapes diesel cabine dupla; 60 motocicletas; 30 lanchas com motor de popa 40hp; 60 motores rabeta; 15 grupos geradores de energia; 60 microscópios laboratoriais e mais equipamentos para realização de fumacê para combate ao mosquito da malária no interior e comunidades rurais.

Como relator geral do Orçamento de 2017, o Senador Eduardo Braga, assegurou à União incremento de R$ 10 bilhões sobre os R$ 105,3 bi previstos para a área da Saúde.

SAÚDE

Ao longo de 2017, o senador Eduardo Braga deu atenção especial à Saúde do Amazonas, pois constatou durante visitas aos municípios, que o setor estava abandonado em todo o Estado. O parlamentar conseguiu recursos para a aquisição de UBSs fluviais com equipamentos para 21 municípios, totalizando R$ 51,7 milhões em investimento, além de mais R$ 2,3 milhões para a compra de equipamentos para 05 UBS Fluvial que estão em construção, na expectativa de quando prontas levarem serviços de saúde às comunidades mais isoladas do Estado.

Eduardo também conseguiu verbas (R$ 3 milhões) para a reforma do Hospital em Tefé, e ampliação dos Hospitais de Lábrea e Benjamin Constant.

Outros 30 municípios serão beneficiados com verbas para a compra de ambulâncias e ambulanchas, somando um total de R$ 7,8 milhões.

O Piso de Atenção Básica (PAB) recebeu um incremento temporário de R$ 11,3 milhões, beneficiando 26 municípios, e o Piso de Média e Alta Complexidade (MAC) R$ 2,5 milhões, foi destinado aos municípios de Benjamin Constant, Lábrea, Presidente Figueiredo e Tefé.

Os municípios de Amaturá, Anamã, Apuí, Anori, Barreirinha, Benjamin Constant, Beruri, Boca do Acre, Carauari, Caapiranga, Careiro da Várzea, Codajás, Tabatinga, Itacoatiara, Itapiranga, Lábrea, Japurá, Jutaí, Manaquiri, Maraã, Nova Olinda do Norte, Pauini, Presidente Figueiredo, São Paulo de Olivença, São Sebastião do Uatumã, Silves, Tapauá, Urucará, Tefé e Santa Isabel do Rio Negro receberão, cada prefeitura, R$ 190 mil para a compra de veículo com acessibilidade para idosos e deficientes físicos, totalizando R$ 5,7 milhões em recursos.

Além disso, Eduardo Braga providenciou mais R$ 5,4 milhões para melhorar o atendimento nas unidades físicas de saúde no interior. O recurso é proveniente de emendas impositivas apresentadas pelo senador ao Orçamento da União de 2017.

Desse montante, pouco mais de R$ 4,9 milhões serão divididos entre 17 municípios (confira a lista abaixo) para aquisição de equipamentos hospitalares, como macas, nebulizadores, suportes de soros, microscópios e mesas para exames. Pouco mais de R$ 1 milhão irá para a ampliação de Unidades Básicas de Saúde (UBSs) presentes nos municípios de Ipixuna, São Sebastião do Uatumã, Nova Olinda do Norte e Itacoatiara.

“Trabalhamos com afinco para conseguir verbas para os municípios amazonenses e ainda prestamos assessoria aos prefeitos, em parceria com o Conselho de Secretários Municipais de Saúde (Cosems), para tornar as prefeituras aptas a receber o dinheiro do Governo Federal. Foi um ano de luta, principalmente pela difícil questão econômica do País. Mas conseguimos grandes conquistas para o Amazonas”, afirmou Eduardo Braga.

Emenda Impositiva – 2017 – Equipamentos Hospitalares (municípios beneficiados)

1) Itacoatiara
2) Beruri
3) Barreirinha
4) Nova Olinda do Norte
5) Guajará
6) Silves
7) Manaquiri
8) Carauari
9) São Sebastião do Uatumã
10) Boca do Acre
11) Caapiranga
12) Maraã
13) São Paulo de Olivença
14) Juruá

15) Pauini

16) Jutaí

17) Novo Airão

Foto: Vagner Carvalho

Assessoria de imprensa