Eduardo Braga comemora início do cadastramento do auxílio emergencial para taxistas; pagamentos começam em agosto (ver vídeo)

Emenda do senador amazonense foi aprovada pelo Congresso Nacional e sancionada pelo presidente da República

Foto: divulgação

Já começou o cadastramento para o auxílio emergencial para taxistas em todo o Brasil. O programa com auxílio para esta categoria de trabalhadores foi criado a partir de uma emenda de autoria do senador Eduardo Braga (MDB/AM), aprovada pelo Congresso Nacional e sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro (PL).
O senador Eduardo Braga comemorou, nesta segunda-feira (25/07), nas suas redes sociais, o início do cadastramento do auxílio emergencial para taxistas e deu informações de como vai funcionar o programa.
A partir desta segunda-feira, o Ministério do Trabalho e Previdência Social e as prefeituras iniciaram o cadastramento dos profissionais. O prazo encerra no dia 31 de julho e o pagamento da primeira parcela acontecerá no dia 16 de agosto até o dia 31 de dezembro. No Amazonas, mais de 4,8 mil taxistas terão direito ao benefício.
O senador lembrou que, a sua proposta original, contemplava também motoristas de aplicativos, mototaxistas e rabeteiros. Mas a emenda foi alterada na Câmara dos Deputados para atender apenas taxistas com CPFs e CNHs regulares, detentores de concessões públicas cadastrados nas prefeituras até o dia 31 de maio deste ano.
─ E a partir de hoje, no Brasil inteiro, você taxista pode procurar a prefeitura para habilitar o seu cadastramento. As prefeituras que mandarem até o dia 31 de julho esse cadastro, o primeiro pagamento acontecerá no dia 16 de agosto, e em agosto serão pagas duas parcelas. As demais serão pagas mensalmente até dezembro. Parabéns! -, comemorou Eduardo Braga.
No Senado, o parlamentar pretende apresentar projeto de lei, até a primeira semana de agosto, para criar o Cadastro Nacional de Motoristas, Motociclistas, Mototaxistas de Aplicativos e Rabeteiros. Com base nesse sistema integrado, as políticas públicas podem ser executadas também para esses profissionais.