Eduardo Braga promete criação do Bolsa Universidade estadual

braga atletas

Durante uma reunião com jovens atletas, no início da noite deste sábado, o senador Eduardo Braga, candidato ao Governo do Estado pela coligação Renovação e Experiência, anunciou que vai criar a Bolsa Universidade estadual. Braga também anunciou a criação de um programa de intercâmbio e um programa para aprendizado de língua estrangeira, voltados para alunos do ensino médio, chamado “Amazonas sem fronteiras” e “Amazonas no mundo”.

Acompanhado pela candidata a vice-governadora Rebecca Garcia, pela senadora Vanessa Grazziotin e pela deputada estadual eleita Alessandra Campelo, Eduardo Braga falou a uma plateia de atletas sobre sua preocupação com os jovens e a necessidade de dar mais atenção a esse segmento da sociedade. “Vim aqui conversar com vocês para falar das minhas propostas”, disse.

O número de amazonenses que frequentam faculdades particulares e acabam ficando inadimplentes porque ficam sem condições de pagar as mensalidades ao longo do curso motivou Eduardo Braga a pensar em uma solução para esses universitários. “Quem não paga a mensalidade fica com nome sujo, é impedido de fazer provas e não passa de ano. E dos 85 mil alunos que frequentam essas universidades, apenas 5 mil têm bolsa de estudo”, justificou.

A necessidade de garantir que esses jovens amazonenses que não têm condições de pagar uma faculdade particular não fiquem sem estudar também levou Braga a elaborar esse projeto. “Vamos garantir 60 mil Bolsas Universidade nos quatro anos do nosso Governo. Como um dos objetivos é beneficiar os atletas, vamos reservar algumas dessas bolsas de estudo para os atletas que têm excelente desempenho em seus esportes”, adiantou.

Eduardo Braga também anunciou dois outros programas voltados aos jovens amazonenses. O “Amazonas sem fronteiras” e o “Amazonas no mundo”. Um estimula alunos do ensino médio a aprender línguas estrangeiras e o outro dá condições para que alunos da rede pública estadual façam intercâmbio em outros países. “Queremos preparar os nossos jovens para o mundo contemporâneo”, afirmou Braga.