Eduardo Pazuello tem depoimento à CPI da Covid adiado para o dia 19

 

O ex-ministro Eduardo Pazuello alegou ter tido contato direto com duas pessoas diagnosticadas com covid-19 JOÉDSON ALVES/EFE - 10.03.2021

O ex-ministro Eduardo Pazuello alegou ter tido contato direto com duas pessoas diagnosticadas com covid-19/ JOÉDSON ALVES/EFE – 10.03.2021

O depoimento do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello à CPI da Covid, que estava previsto para esta quarta-feira (5), foi adiado para o dia 19 de maio. A decisão foi aprovada após a Secretaria-Geral do Exército confirmar que Pazuello teve contato com pacientes de covid-19 e não poderia comparecer.

Em comunicado, o Exército apresentou duas opções à CPI: manter o depoimento de Pazuello nesta quarta (5), mas de forma virtual, ou remarcar a oitiva. O presidente da comissão, senador Omar Aziz (PSD-AM), sugeriu respeitar o o período de isolamento para que o ex-ministro pudesse ser ouvido presencialmente no dia 19 de maio. A sugestão de Aziz foi acatada pelos demais integrantes do grupo de trabalho.