Educação e saúde em Envira preocupam Eduardo Braga

braga envira

As bandeiras, carros, motos e centenas de pessoas não faltaram na chegada do senador Eduardo Braga, candidato da coligação Renovação e Experiência ao Governo do Amazonas, ao município de Envira. Afinal, é assim, com muita festa que ele tem sido saudado por onde passa nesta reta final de campanha eleitoral.

Mas, o que realmente chamou a atenção de Eduardo Braga em sua passagem pela cidade para falar à população foram os relatórios que lhe foram entregues por moradores sobre a situação da educação e da saúde em Envira. Após caminhar junto à população desde o aeroporto até o local do comício, o senador comentou no palanque a situação que chegou a seu conhecimento.

“Nessa caminhada, não tenho governo, não tenho prefeitura, só tenho Deus e o povo ao meu lado. Mas o povo tem se unido para tomar uma decisão muito importante”, disse Eduardo Braga. “Eu recebi uns relatórios denunciando que os professores da zona rural não possuem qualificação adequada, que a merenda escolar é de péssima qualidade e que dos quatro ônibus escolares apenas um está funcionando por economia de diesel”, afirmou.

Sobre a situação precária da saúde pública no município, Braga recebeu denúncias de que o hospital inaugurado há pouco tempo não tem sequer material para fazer curativos. “Não tem medicamentos. Não tem nem soro, muito menos material para realizar exames”, relatou Braga, afirmando que a situação se torna mais preocupante pelas condições de distância e isolamento de Envira.

Preocupado com a situação de desmando no município – saúde e educação foram apenas dois temas dentre as irregularidades que lhe foram relatadas –, Eduardo Braga orientou a população. “Eleição serve para a gente eleger as pessoas qu queiram e saibam resolver os problemas da gente. Não é como jogo de futebol, que você torce pelo time do coração mesmo que ele esteja mal. Você tem que ver quem resolve seus problemas e não votar pela sua torcida”, disse. “Vejam o caso da escola estadual que está em obras desde que eu era governador. Parece que tem uma cabeça de burro enterrada lá. E cabeça de burro a gente desenterra no voto”, completou

ITAMARATI

Entraves junto à prefeitura de Itamaraty impediram que o comício de Eduardo Braga fosse realizado na orla da cidade. Orla, aliás, construída durante a administração Braga no governo. Mesmo assim, com o prefeito apoiando abertamente outro candidato, o povo foi em número significativo recebê-lo no aeroporto e realizar a carreata que vem marcando a reta final da campanha.