“Ele vai voltar”, afirmam Sabino e Átila Lins sobre Adail durante visita a Coari na comitiva do governador

IMG-20140326-WA0007Os deputados federais Sabino Castelo Branco (PTB) e Átila Lins (PSD), que chegaram a Coari no mesmo avião que o governador Omar Aziz e a presidente do Fundo de Promoção Social (FPS), primeira-dama Nejmi Aziz, para participarem da implantação do programa de segurança Ronda no Bairro, fizeram discursos onde afirmaram que logo Adail estará de volta a Coari. Sabino Castelo Branco que chegou a chamar Adail Pinheiro de “monstro pedófilo” em seu programa de TV, assim que saíram as denúncias de abuso sexual de crianças e adolescentes na Rede Globo – mas também chamava Adail de “papai do povo de Coari” na campanha eleitoral de 2012 – mudou mais uma vez de discurso ao dizer: “Eu nunca tive vergonha de dizer aqui, lá em Manaus, ou em Brasília, que apoiei Adail e ele vai voltar”.

IMG-20140326-WA0006O deputado federal Átila Lins fez coro com Sabino: “a população fique tranquila que o companheiro que está sofrendo lá em Manaus, está tendo apoio em todas as horas e em breve vai voltar”. Os parlamentares fizeram seus discursos visivelmente empolgados por causa de parte de uma plateia que gritava o nome de Adail Pinheiro e que era formada, em sua maioria de estudantes da rede municipal e estadual de ensino de Coari, sob o olhar e um coro puxado pelas próprias professoras e gestoras dessas escolas públicas. Mas, nenhuma das autoridades presentes, inclusive aquelas que fazem manifestações e passeatas contra a pedofilia, lotando as ruas de estudantes e os jornais de matérias, questionou o fato de crianças e adolescentes estarem participando dessas manifestações políticas, se os pais deram autorização, e se essas crianças não estavam sendo utilizadas para um ato público para o qual não tinham a menor consciência da gravidade social e até jurídica. (Any Margareth)